Sábado, 16 de fevereiro de 2019 Edição nº 9916 08/04/2001  










CAMPEONATO PAULISTAAnterior | Índice | Próxima

Palmeiras luta para fugir do rebaixamento

Roth escala o Palmeiras no ataque com a obrigação de buscar três pontos

Da Agência Folha – Campinas, SP

O Guarani enfrenta o Palmeiras hoje, às 15h, em Campinas, no jogo que marca o encontro de dois times que lutam para fugir do rebaixamento.

Mesmo depois de uma seqüência de resultados negativos do time que culminou na desclassificação da Copa do Brasil e na aproximação da zona do rebaixamento no Paulista, a diretoria do Guarani ainda aposta no comando do técnico Carlos Alberto Silva.

A equipe deve jogar completa hoje, e Silva manteve segredo sobre qual formação deverá entrar em campo.

Na última quinta-feira, o time perdeu em casa por 2 a 0 para o Atlético (PR) e foi desclassificado na primeira partida da Copa.

No Paulista, a situação da equipe também está complicada. O Guarani estagnou há quatro rodadas e não conquistou mais nenhum ponto.

Na última rodada, o time não conseguiu marcar contra a Matonense, última colocada. Depois de empatar em 0 a 0 no tempo normal, o Guarani foi derrotado na disputa pelo ponto extra, no jogo que marcou o encontro dos dois piores ataques do torneio. O time de Campinas ainda é o que mais comete faltas no Paulista.

O lateral-direito Daniel quer aproveitar a chance de ser titular na partida de hoje contra o Guarani “para dar a volta por cima” no Palmeiras.

Para o ajudar em sua missão, o jogador, perseguido pela torcida, ganhou uma trégua da organizada Mancha Alviverde.

“Ninguém vai vaiá-lo. A gente tem que ajudar o time, que está em uma crise e pode cair”, afirmou o presidente da agremiação, Sérgio Mantovani.

Daniel, contratado da Ponte Preta para ser o substituto de Arce, que agora renovou o contrato, não teve boas atuações em seu início no novo clube e começou a ser vaiado.

Com isso, ele parou de ser utilizado e chegou a ameaçar deixar o clube. “É difícil você trabalhar com 50 pessoas atrás te criticando. Você erra”, disse.

Agora, Daniel ganhou uma nova chance, já que o titular Taddei cumprirá suspensão. “O Celso Roth (técnico do Palmeiras) pediu para eu jogar como sempre joguei”, contou.

Com a nova oportunidade, o lateral até recuou da ameaça de voltar para a Ponte Preta, o que é previsto em seu contrato caso não seja usado. “Não sou eu que vou deixar o Palmeiras.”

Ele disse também não temer a volta de Arce: “Vou procurar meu espaço em campo”.

GUARANI

Edervan; Luciano Baiano, Edu Dracena, Ernani e Jorge Luís; Fausto, André Gomes, Martinez e Renato (Luís Fernando); Zé Carlos e Marcinho

Técnico: Carlos Alberto Silva

PALMEIRAS

Marcos; Daniel, Alexandre Souza, Leonardo e Felipe; Fernando, Galeano, Flávio e Alex; Basílio e Tuta

Técnico: Celso Roth

Local: Brinco de Ouro, em Campinas

Horário: 15h

Juízes: Antônio Claudio Perin e Luiz Edmar Remondine



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




20:28
20:28
20:08 Vasco fica no empate com o Americano
20:08 Fluminense empata em Moça Bonita
20:07 Índio garante a vitória do Santa Cruz contra o Dom Bosco


20:07 Mixto consegue o empate em Barra do Garças e pensa na partida contra o Juventude
20:07 Rossi vence GP do Japão de 500cc
20:06 Guga volta a falhar nos tie-breaks
20:06 Wewitt destrói o sonho dos brasileiros
20:05 Lado emocional dos jogadores do Santos preocupa Geninho
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018