Quarta feira, 14 de novembro de 2018 Edição nº 14221 14/06/2015  










MOTOSAnterior | Índice | Próxima

Traxx lança modelos com cilindras maiores

Com a chega dos novos modelos, no ano que comemora 8 anos de Brasil, a Traxx aposta na versatilidade para sacramentar sua fatia no segmento


Consolidada sua posição no mercado brasileiro, a marca investe pesado em outras regiões do país
ROSIVALDO SENNA
Editoria de Veículos

Ousada, devido às incertezas no mercado brasileiro, e cada vez mais acreditando no seu potencial no segmento, a Traxx lançou no Brasil seus mais novos modelos da linha 2015: a TSS 250, abrindo as portas no país para família Street Sport; e a FLY 250, a on/off-road, que na versão 2015 ganhou mais cilindrada; a TSS 150, irmã caçula da linha Traxx Street Sport; e a FLY 150, que chega como uma opção mais acessível da linha trail da marca.

Com a chega dos novos modelos, no ano que comemora 8 anos de Brasil, a Traxx aposta na versatilidade para sacramentar sua fatia no segmento de motos no Brasil.

A Traxx aportou no Brasil muito antes da fábrica, em 2000. Inicialmente, investiu em pesquisas e análises de mercado, a fim de desenvolver estratégias para atender o público brasileiro.

Com sua sede administrativa em Fortaleza-CE, instalada em novembro de 2006, a inauguração de outra unidade em Manaus-AM, em dezembro de 2007, a Traxx já prevê para o próximo ano a inauguração de uma fábrica de chassi e pintura, gerando mais emprego. Hoje, a unidade de Manaus fabrica cerca de 160 motos por dia.

Com a consolidação de sua posição no mercado brasileiro com a “Ciquentinha”, e agora com motos de cilindradas maiores, a marca investe pesado em outras regiões do país, além do Nordeste, onde tem 25% do mercado de motos. Para as outras regiões, como o Centro-Oeste (3%), os investimentos neste ano e no próximo serão altíssimos.

TSS 250

A TSS 250 Street Sport, uma motocicleta urbana e com forte apelo esportivo, vem para ratificar a entrada da marca no mundo intermediário da alta performance, já que até então seu carro-chefe era a de 50 cilindradas.

Um dos pontos fortes da TSS 250 é o seu poderoso motor de 223cc, quatro tempos, alimentado por injeção eletrônica Delphi, com potência de 16 HP a 7500 rpm, torque de 1,7 kgfm a 6000 rpm, monocilíndrico, com refrigeração mista feita por ar e óleo, com comando único no cabeçote (OHC) e duas válvulas.

Unindo potência, tecnologia e design, a Traxx TSS 250 se destaca em outros pontos. Os piscas dianteiros integrados à carenagem, lâmpadas em LED, pintura bicolor, escapamento cônico e aros pretos colaboram para um conjunto moderno e um visual com forte apelo esportivo. Esse apelo esportivo também está presente na motorização. O motor monocilíndrico alimentado por injeção eletrônica e embalado por um câmbio de 6 marchas deixa a TSS 250 super esperta para enfrentar as ruas e avenidas do nosso país.

Ainda valorizando a tocada esportiva, o painel privilegia a visualização do conta-giros, que é apresentado de forma analógica, enquanto as demais informações como velocidade, distância percorrida, relógio, quantidade de combustível e marcha engatada ficam em segundo plano, apresentadas em um visor digital.

A TSS 250 está disponível nas cores vermelha e preta. O preço sugerido pela fábrica é de R$ 9.590,00, sendo que pode haver variações de acordo com a região da revenda.

TSS 150

Irmã caçula da linha Traxx Street Sport, a TSS 150 chega com a missão de ser um instrumento de trabalho em condições de vencer os obstáculos do dia a dia, garantindo segurança, agilidade e economia da ao consumidor, principalmente nas grandes cidades.

E para se firmar com um grande e poderoso instrumento de trabalho, ela chega equipada com um motor carburado de 149cc, quatro tempos, monocilíndrico, arrefecido a ar, com comando único no cabeçote (OHC) e duas válvulas. Sua potência é de 12,23 cv a 8.000 rpm e o torque máximo de 1,17 kgfm a 6500 rpm. Disponível nas cores preta, vermelha ou branca, o preço sugerido pela fábrica é de R$5.999.

FLY 250

Mais equipada, a nova Fly 250, que já foi 125cc e 135cc, chega com um motor de 223 cc, quatro tempos, alimentado por injeção eletrônica Delphi, com potência de 16 HP a 7500 rpm, torque de 1,7 kgfm a 6000 rpm, monocilíndrico, refrigerado a óleo e ar, com comando único no cabeçote (OHC) e duas válvulas. Em vem para brigar de igual para igual com modelos de 150 e 160 cilindradas de outras marcas.

O torque acentuado do motor pode ser sentido nas arrancadas mais forçadas. E mesmo em rotações mais baixas, apresenta força para vencer qualquer obstáculo em terrenos off-road. Na cidade, FLY 250 apresenta mais economia ao diminuindo a troca de marcha.

A Fly 250 vem com câmbio de seis marchas e partida elétrica e apresenta força e estabilidade garantindo maior conforto na pilotagem e com preço sugerido de R$ 9.390.

FLY 150

Com o mesmo chassi da “mais velha” - a FLY 250 -, a Fly 150 chega muito mais equipada. Piscas e lanternas em LED, freio a disco nas duas rodas, proteção de escapamento em alumínio e bagageiro com alças para o garupa, acentuando seu visual esportivo.

O motor de 150cc carburado é o mesmo da TSS 150. Ou seja, um motor robusto. Seu painel misto é completo e possui todas as informações necessárias para uma pilotagem mais tranquila e segura, indicando o nível de combustível, acionamento de reserva ea a marcha engatada.

O modelo recebe um motor carburado de 149,25 cm³, quatro tempos, com potência de 12,23 cv a 8.000 rpm, torque de 1,17 kgfm a 6.500 rpm, monocilíndrico, refrigerado a ar, com comando único no cabeçote (OHC) e duas válvulas. É um motor robusto, de respostas rápidas, excelente torque e fácil manutenção. Com lançamento previsto para junho, a Fly 150 estará disponível nas cores vermelha e preta. Seu preço sugerido é de R$ 7.299.

SOBRE A TRAXX

A Moto Traxx da Amazônia faz parte do China South Industries Group (CSIG), um dos maiores fabricantes mundiais de motocicletas e uma das maiores multinacionais do planeta. Com sede em Pequim, o grupo reúne mais de 70 empresas que atuam em vários segmentos na produção de equipamentos especiais, fotoeletricidade, aço especial, medicina, nova energia, máquina de petróleo, aparelho de combate a incêndio, na produção e venda de miniveículos, de automóveis, de motocicletas (neste segmento é líder de mercado), além de ser atuante na área de pesquisa para o desenvolvimento da indústria da China. (Com assessoria)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:02 Produtores não descartam protestos na Capital
18:01 Servidores públicos vão voltar a trabalhar 8 horas por dia
18:01 Sem RGA, servidores vão paralisar as atividades por 24 horas
18:01 Ex-secretário de Administração Geraldo de Vitto é condenado
18:01 Mauro Mendes pede corte aos Poderes


17:46 Nossa! Minha cidade sumiu
17:45 Neri Geller é`Preso por fraude no Ministério da Agricultura
17:45 BOA DISSONANTE
17:44 O recado foi dado
17:43
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018