Domingo, 19 de maio de 2019 Edição nº 14062 02/12/2014  










TRANSPANTANEIRAAnterior | Índice | Próxima

Aproximadamente 75 pontes da MT-060 oferecem riscos

YURI RAMIRES
Da Reportagem

Ao menos 75 pontes da MT-060, a Transpantaneira, estão em estado precário, preocupando moradores da região. No último final de semana, um caminhão de carga caiu ao tentar passar por uma delas. O acidente só reforça o alerta quando à falta de infraestrutura na rota turística do Pantanal.

Apesar do susto, ninguém ficou ferido, mas as reclamações não vêm hoje. Para o fotógrafo Antônio Satyro, que tem uma fazenda da região, a queda de veículos nas pontes de madeira são uma realidade constante.

“O que a gente sabia que ia acontecer, aconteceu”, ressaltou. Até a tarde de ontem, o caminhão ainda estava pendurado na estrutura, diante da dificuldade para retirá-lo.

Segundo Satyro, a Transpantaneira é conhecida no mundo todo por ser uma rota turística. Na alta temporada, muitos veículos passam pelo local, sendo a maioria caminhões safáris, lotado de turistas.

“90% dos turistas são estrangeiros, seria uma tragédia em nível internacional se acontecesse com eles, era o mesmo que enterrar o turismo em Mato Grosso por anos”, destacou.

Para o fotógrafo, usaram o pantanal para promover a Copa do Mundo em Cuiabá, mas pouco fizeram em relação às melhorias. “Uma empresa chegou a vir, fazer alguns reparos, mas logo abandonaram o serviço por falta de pagamento”, lembrou.

Para chegar a sua propriedade, Satyro passa por cerca de 85 pontes de madeira. “Tenho que passar, mas a situação é precária, delicada e de urgência”.

Ele ainda ressalta que dessas 85, apenas dez estão razoáveis. Além disso, com o período de chuva chegando, a preocupação redobra. “Fazendeiros retiram os gados por comitivas e caminhões, mas e agora? Como vão transportar correndo risco dos veículos tombarem com os animais dentro?”, finaliza.

Em contato com a Secretaria de Estado de Transporte e Pavimentação Urbana (Setpu), a reportagem tentou falar com o secretário Cinésio Nunes, mas sem sucesso.

A assessoria da pasta, por nota, informou que a Setpu realizou ao logo do ano, a conservação e manutenção das rodovias não pavimentadas para não comprometer a trafegabilidade no período de chuva.

Sobre a Transpantaneira, eles ressaltam que a conservação foi feita antes da Copa. Mesmo sem data para iniciar, uma obra foi contratada para substituir 31 pontes de madeira por concreto.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· Este é o retorno que o governo estadual   - Sergio de Carvalho




20:08 Ministro defende proposta da indústria para rotular alimentos
20:07 De 380 escolas, só seis têm a telemedicina como matéria obrigatória
20:01 BOA DISSONANTE
20:00 A revogação da prisão preventiva de temer
20:00 Fim dos lixões e aterros sanitários


19:59 Despertar da educação
19:59 Jabuticaba
19:58 Final de The Big Bang Theory acerta no equilíbrio entre comédia e emoção
19:58
19:57 Os homens que não amavam as mulheres
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018