Domingo, 21 de julho de 2019 Edição nº 13908 03/06/2014  










VÁRZEA GRANDEAnterior | Índice | Próxima

Wallace descumpre acordo e enfermeiros entram em greve

YURI RAMIRES
Da Reportagem

Alegando que o prefeito de Várzea Grande, Wallace Guimarães, está descumprindo um acordo, profissionais da enfermagem do município entraram em greve na manhã de ontem. O acordo visa o reajuste salarial de 10%, além de mais 6% para concursados. A unidade mais afetada com a greve é o Pronto-Socorro, que passará a atender com apenas 30% dos trabalhadores.

De acordo com o Sindicado dos Profissionais de Enfermagem de Mato Grosso (Sinpen-MT), Djalma Soares, os servidores do município estão há quatro anos sem aumento, mas que um planejamento feito em maio passado daria 10% de reajuste de forma linear, além de 6% nas tabelas. A revolta ainda foi maior que, além de não receberem o acordado, os trabalhadores só receberam a metade dos salários referentes ao mês de junho.

De acordo com o secretário de Saúde de Várzea Grande, Daoud Abdallah, como é sabido, o trâmite de aumento salarial precisa ser aprovado, sendo assim, o acordo feito pela categorial e o município só teve a aprovação da câmara no último dia 27, quando a folha de pagamento já estava fechada.

Ele ressaltou também que o pagamento foi pago na íntegra. “O salário foi inteiro, o que faltou, realmente, foi o pagamento de valores extras, que só será efetuado no dia 10”, ressaltou.

O secretário e o presidente do Sinpen se reuniram ontem para discutir os rumos do movimento. Abdallah enfatiza que a greve é ilegal e se algum paciente morrer por falta de atendimento, os responsáveis serão punidos.

Em Cuiabá, a situação não está diferente, como o Diário divulgou na semana passada, os profissionais de enfermagem que servem o município podem paralisar os trabalhos na próxima sexta (6). Eles buscam melhores condições de trabalho e a aprovação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) pelo executivo municipal.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:08 MT Prev arrecada R$ 1,3 bilhão a menos que o necessário para pagar aposentados
18:07 Eleição para prefeito em Cuiabá divide tucanos
18:07 Governo conclui pagamento da folha de junho
18:06 Jovem agride ex-companheira em delegacia e é preso
18:05 Preso rapaz que estuprou e matou criança de 8 anos


18:04 Exame identifica segunda ossada de mulher desaparecida
18:04 Irmãos são assassinados e levados para UPA que acaba fechada
18:03 Coronel confessa grampo a pedido de Pedro Taques
18:01 Erros de advogados iniciantes
18:00 Capital humano
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018