Quinta feira, 30 de outubro de 2014 Edição nº 9887 10/03/2001  










Anterior | Índice | Próxima

Santos inscreve Rincón, mas não garante retorno

FAUSTO SIQUEIRA
Da Agência Folha – Santos, SP

O Santos incluiu o volante Rincón, liberado no ano passado para procurar outro clube, entre os jogadores inscritos no Campeonato Paulista.

A inscrição ocorreu quinta-feira, último dia do prazo estipulado pela Federação Paulista de Futebol para as equipes registrarem novos atletas para a disputa da competição. Cada clube podia inscrever até 35 jogadores no Paulista. Rincón foi inscrito com a camisa 35.

Devido ao fracasso da tentativa de se transferir para o Corinthians e ao posterior encerramento das inscrições, Rincón não teria mais chances de atuar no Campeonato Paulista deste ano caso não constasse da lista santista.

A inscrição do colombiano não significa necessariamente que ele voltará a atuar pelo Santos. Devido à política de corte de gastos adotada pelo clube, Rincón fez um acordo em dezembro com a diretoria, pelo qual ficava autorizado a negociar sua transferência para outra equipe.

Flamengo, Vasco e Cruzeiro tiveram interesse na contratação do jogador, mas não houve acerto. A negociação que esteve mais próxima de se concretizar - a volta para o Corinthians - também fracassou. Em todos os casos, o motivo foi o alto custo do jogador.

Ao ser contratado pelo Santos, em fevereiro do ano passado, Rincón assinou um compromisso de dois anos, pelo qual receberia cerca de R$ 350 mil mensais, entre salário, direitos sobre a exploração da imagem e aluguel do passe.

A reportagem tentou ontem falar sobre o assunto por telefone com o presidente Marcelo Teixeira, e com Renato Caio, procurador do atleta, mas não conseguiu.

Por intermédio de sua assessoria, Teixeira informou que a inscrição do jogador foi uma “edida administrativa" destinada a assegurar a permanência do atleta, já que, devido às tentativas frustradas de transferência, o clube voltou a negociar com ele.

Para que Rincón seja reintegrado, porém, a diretoria quer que o colombiano aceite uma redução salarial, proposta recusada pelo jogador no ano passado e motivo que levou ao seu afastamento. Na negociação com o Corinthians, encerrada neste mês, Rincón teria recusado uma oferta de R$ 150 mil mensais.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

18:52 Caminhadas e meditação na rotina
18:47 “Tudo que leio me influencia”
18:44 Linhas inspiradas por Ricardo Dicke
18:42 Morte de Mário Covas abala outros portadores da doença
18:42 Especialistas alertam para alto risco entre fumantes


18:42 Portadores de problemas cardíacos com 70 anos devem redobrar atenção
18:41 Exame pode prevenir câncer de bexiga
18:40 Pesquisa avaliará impactos
18:40 Pescadores condenam hidrelétrica
18:39 Especialista defende volta da pesca com rede
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2012