Segunda feira, 27 de junho de 2016 Edição nº 13596 11/05/2013  










SANECAPAnterior | Índice | Próxima

Prefeitura faz mutirão para negociar os débitos

Da Assessoria

Os consumidores de Cuiabá que já negociaram o pagamento de seus débitos junto à Sanecap e não conseguiram cumprir os acordos firmados em 2012 podem acertar as dívidas das contas de água até a próxima sexta-feira, 17 de maio.

Neste grupo estão 3.796 pessoas, que devem procurar a Central de Conciliação de Cuiabá e a Prefeitura de Cuiabá para renegociar os débitos.

As dívidas totalizam R$ 5 milhões e os consumidores tiveram os nomes incluídos no serviço de proteção ao crédito pela Prefeitura de Cuiabá.

A coordenadora da Central, juíza Adair Julieta da Silva, informa que as audiências estão ocorrendo de segunda-feira à sexta-feira, das 8h às 17h, e não é preciso fazer agendamento prévio para ser atendido. O público-alvo nessas duas semanas são consumidores que já haviam negociado o pagamento das dívidas em mutirões realizados em fevereiro e dezembro de 2012, mas não cumpriram o acordo.

Segundo o diretor comercial da Sanecap, Ronald Muzzi, a maioria é composta por consumidores pessoa física e que estão inadimplentes há cinco anos, em média. As dívidas poderão ser pagas com um valor de entrada e parcelamento em até 24 meses.

Muzzi afirma que muitos desses consumidores não pagaram os parcelamentos porque receberam em casa dois boletos, sendo um da Sanecap e outro da CAB Cuiabá, e se confundiram sobre os pagamentos.

“Existem duas situações distintas. O consumidor que renegociar vai continuar recebendo dois boletos, sendo um da conta do consumo mensal normal emitido pela CAB Cuiabá e outro da dívida renegociada a ser enviado pela Sanecap”, explica.

O diretor comercial lembra que a CAB Cuiabá assumiu o sistema operacional de água e esgoto da Capital desde maio de 2012, por isso a conta mensal chega com o timbre da concessionária. “Já os débitos em aberto do mês de abril de 2012 para trás são cobrados pela Sanecap”, reforça.

“Firmamos termo de parceria para dar uma nova chance a quem não cumpriu com acordo anterior para tentar que o pagamento seja feito por meio de procedimentos pré-processuais”, ressalta a magistrada.

Para os meses de junho e julho estão sendo programados mutirões de conciliação para outros consumidores inadimplentes de contas de água e débitos fiscais com IPTU e ISS.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




21:05 Sindicalistas vão aumentar pressão em deputados
21:05 Eder Moraes consegue nova liberdade no TRF em Brasília
21:05 Riva entrega a juíza anotações com pagamentos para deputados
21:05 Dinheiro de acusado é usado para pagar posse de Silval
21:04 Marcus Fabrício assume vaga de Pinheiro


21:04 Câmara se prepara para eleger presidente
21:04 Justiça anula sessão que aprovou RGA
20:59 Policial é alvo de sindicância
20:58 Assaltantes ficam atentos à desatenção das vítimas
20:58 Cartórios resolveram 15 mil casos
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015