Sábado, 18 de abril de 2015 Edição nº 13590 04/05/2013  










HABITAÇÃOAnterior | Índice | Próxima

Governo do Estado e Banco criam linha ao servidor

Da Redação

O Programa MT Habita Mais, do governo do Estado em parceria com o Banco do Brasil, é voltado aos servidores públicos estaduais e municipais efetivos, aposentados e pensionistas, inclusive servidores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Tribunal de Justiça, Tribunal de Contas, Procuradoria Geral de Justiça, Associação Mato-grossense dos Municípios e União das Câmaras Municipais de Mato Grosso.

O MT Habita Mais tem como meta estabelecer condições e procedimentos especiais na operacionalização de concessão pelo Banco do Brasil (agente financeiro) de crédito imobiliário aos servidores efetivos, aposentados e pensionistas para aquisição de imóveis habitacionais, na planta, em construção ou novos.

Para ter acesso ao financiamento, o servidor interessado deve acessar a partir de 20, o site www.vicegovernadoria.mt.gov.br e preencher o formulário eletrônico com informações obrigatórias e complementares. O próprio programa vai validar os dados do servidor. Ao receber esses dados será realizada análise da solicitação de crédito (SAC) e caso aprovado a central de atendimento encaminhará ao servidor a relação de documentos necessários para contratação do financiamento. Os contratos serão firmados individualmente.

A ideia da Central de Atendimento é proporcionar agilidade no acolhimento ao servidor, evitando filas nas agências do banco.

As vantagens do MT Habita Mais, em relação a um financiamento tradicional, são: planos especiais de financiamentos, oferecidos especificamente para a categoria com custo efetivo total menor do financiamento (taxa de juros, tarifas e seguros), carência de até seis meses com pagamento só do juros e taxas que variam entre 4,59% e 7,9% ao ano (a.a.).



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

21:35 Sindal lança campanha salarial
21:35 Justiça penhora bens em R$ 6,1 mi
21:35 Júlio Pinheiro descarta aumentar V.I de vereadores
21:34 Mato Grosso terá R$ 200 mi a mais de ICMS Eletrônico
21:34 Prado quer ativação do Conselho Fiscal


21:33 Sem Henry, PP vive “dias de glória”
21:33 Futuro de Barranco deve ser decidido na próxima semana
21:33 ALs querem participação na discussão do Pacto
21:32 Deputado conduzirá PSB para a disputa eleitoral em 2016
21:23 Lupi admite PDT junto com Mauro em 2016
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015