Sexta feira, 15 de novembro de 2019 Edição nº 13322 31/05/2012  










SAÚDE PÚBLICAAnterior | Índice | Próxima

Homem morre na porta do Pronto-Socorro

Antônio Batista da Silva, de 57 anos, tentou ser atendido na unidade, mas não conseguiu entrar; ele então caminhou alguns metros e caiu


A fachada do Pronto-Socorro de Cuiabá, onde Antônio da Silva tentou ser atendido, mas não conseguiu
ADILSON ROSA
Da Reportagem

Um homem morreu ontem de manhã após tentar, e não conseguir, atendimento médico no Pronto Socorro de Cuiabá (PSC). Barrado no portão, Antônio Batista da Silva, de 57 anos, caminhou cerca de 30 metros até cair morto.

Testemunhas disseram a policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa que Antônio chegou no início da manhã procurando ajuda, pois sentia fortes dores no abdome. Ele tinha um tumor no intestino e tomava medicamentos, pois não conseguiu fazer a cirurgia. Silva era morador de Água Boa e estava em Cuiabá para tratar a doença.

Conforme relato de testemunhas, ele chegou a procurar o balcão de atendimento, mas foi informado de que não poderia ser atendido. Então, foi caminhando até cair e morrer na calçada próximo de um ponto de ônibus.

Pessoas que o viram na fila de atendimento do PSC ficaram indignadas com a situação, pois a vítima foi embora porque não poderia esperar mais. “Isso poderia acontecer com qualquer um de nós”, disse uma mulher aos policiais.

Os policiais informaram que a vítima estava internada no PSC tendo alta médica no dia anterior. Voltou para a casa de apoio onde estava hospedado e, ontem de madrugada, sentiu dores e voltou ao Pronto Socorro, mas não conseguiu ser atendido.

Os policiais explicaram que preencheram um boletim de ocorrência como “encontro de cadáver”, pois se trata de morte natural. Eles explicaram que foram acionados pelo Ciosp e, por isso, atenderam o caso. Conforme os policiais, a vítima apresentava uma lesão na testa, mas foi em consequência da queda. Os funcionários de plantão do PSC do setor de atendimento não quiseram comentar o assunto.

Em nota enviada às redações no final da tarde, o diretor-geral do Pronto-Socorro, Antônio Ignácio Medeiros, eximiu de culpa a unidade médica municipal.

“Pelo que apuramos, às 5h45 da madrugada de hoje [ontem], ele voltou a sentir fortes dores no estômago. Ligou para a coordenadora da Casa de Amparo e solicitou transporte até o Pronto-Socorro”, explicou Medeiros. “Ela o instruiu para aguardar o dia amanhecer. Ele tentou então chegar a pé no PSM, quando a hemorragia o prostrou na calçada, levando-o infelizmente a óbito”.

Conforme a nota, o paciente havia recebido alta na terça-feira com encaminhamento para procurar um gastroenterologista, para a continuidade do tratamento.

Para o diretor clínico do PS, Carlos Alberto Maranhão, não se pode atribuir negligência ao PS no atendimento. "Mesmo porque socorro externo é atribuição exclusiva do SAMU. O que não significa que o PSM não vá se posicionar emergencialmente para salvar alguém à parte das suas dependências, se isto for possível. Vai depender das circunstâncias da ocorrência, em si. Porém, ao sermos informados da situação desse ex-paciente já não havia mais nada a fazer, pois ele falecera".



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· Como pode o Pronto Socorro dar alta mesm  - Claudio Aparecido Souto
· Gente, q a nossa saude esta ns UTI, nao   - Lucia Almeida
· Vergonha, Vergonha, Vergonha, meu Deus!!  - Jackson
· Vergonha, Vergonha, Vergonha, meu Deus!!  - Jackson
· Caro Luiz sinto dizer isto, mas o guarda  - Renato
· acho que tem que ser atendido indepenten  - PATRICIA
· Caro Doutor, Se esse ocorrido nao for O  - Jeronimo Urei
· A omissão de socorro é clara e evidente   - Luiz Carlos
· A omissão de socorro é clara e evidente   - Luiz Carlos
· VERGONHA CUIABANA ... 1 - Um pronto soc  - LUIZ




17:29 A Bolívia e seus dilemas - parte II
17:29 BOA DISSONANTE
17:28 Estado adia para 2020 decisão sobre VLT
17:27 Diferença entre direita e bolsonarismo
17:26 A saída da extrema pobreza


17:26 Reflexões da vida
17:25 Toffoli intima BC e obtém dados sigilosos de 600 mil pessoas
17:25
17:24 Brics ignoram crise na Venezuela e Bolívia
17:24 Zona de livre comércio com China pode prejudicar indústria
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018