Sexta feira, 21 de julho de 2017 Edição nº 13241 19/02/2012  










PELA ORDEMAnterior | Índice | Próxima

Está na hora da onça beber água!

Vai acompanhar o desfile do carnaval carioca na TV? São Clemente, União da Ilha, Salgueiro, Mangueira, Unidos da Tijuca e Grande Rio

Valéria Del Cueto*
Especial para o Diário de Cuiabá

Tem bububu no bobodó? A irreverente São Clemente tem e vai explicar em seu enredo “Uma aventura musical na Sapucaí” o que vem a ser esse ó. A única representante da Zona Sul carioca no Grupo especial abre os trabalhos de segunda feira, no Sambódromo repaginado falando do teatro musical brasileiro. O tema é amplo e as possibilidades visuais interessantes. A escola adotou esse ano, por meio de parcerias, um novo modelo de gestão que poderá render frutos, se não imediatos, a médio e longo prazo.

A União da Ilha surpreendeu em sua passagem pela avenida ano passado, apesar de ter sido uma das atingidas pelo incêndio nos barracões da Cidade do Samba. Em 2012, novamente, Ito Melodia, o puxador da escola e vencedor do Estandarte de Ouro, anima com seu carisma os componentes da Insulana. “De Londres ao Rio: Era uma vez... uma Ilha”, de Alex Souza, fala das Olimpíadas de Londres que acontecerão este ano e traça um paralelo entre as ilhas, os São Jorges de lá e de cá. E assim vai.

Na sequência a pista é de uma escola que está com sede de vitória e arrebentou nos ensaios técnicos, o Salgueiro. Depois de perder para si mesmo as chances do campeonato, quando o carro alegórico do King Kong ficou preso na entrada da armação e tirou pontos preciosos e decisivos para o resultado, a escola está mordida. Seu enredo “Cordel Branco e Encarnado”, de Renato Lage e Márcia Lage, é sobre o universo da literatura de cordel. A espetacular ala coreografada de Carlinhos foi deslocada para logo depois da comissão de frente e, com uma representação de Maria Bonita, Lampião e seu bando, ao som da Furiosa, a bateria de mestre Marcão, poderá servir de estratégia para contrapor o efeito sempre impactante da comissão de frente da Unidos da Tijuca.

A Mangueira vem preparada para brincar com “Vou festejar! Sou Cacique, sou Mangueira!”. Apesar das dificuldades financeiras, a verde e rosa avisa em seu samba: “O povo não perde o prazer de cantar. Por todo universo minha voz ecoou... Respeite quem pôde chegar onde a gente chegou!” Fique de olho na evolução do casal de Mestre Sala e Porta Bandeira Marcela Alves e Raphael Rodrigues. O carnavalesco Cid Carvalho explora a disputa dos blocos Cacique de Ramos e do Bafo da Onça, o samba de fundo de quintal e a tamarineira lendária num desfile que promete muitas surpresas, além da sempre aguardada e surpreendente bateria Surdo Um e sua rainha, Renata Santos. A força da comunidade e o entusiasmo dos integrantes do Cacique são componentes que farão a diferença. É bom lembrar que o presidente da Mangueira, Ivo Meireles, foi o criador, ano passado, da super paradona feita pela Surdo Um, com 21 segundos!

A penúltima escola a se apresentar é a atual vice-campeã, a Unidos da Tijuca, de Paulo Barros. Observe como será desenvolvido o enredo “O dia em que toda a realeza desembarcou na avenida para coroar o Rei Luiz do Sertão”. Normalmente, cabe ao carnavalesco criar os enredos que o tornaram famoso no mundo do carnaval, mas este, não é de sua lavra. Veio da escola e homenageia Luiz Gonzaga, o rei do baião. Adriane Galisteu fará falta. O posto de rainha da bateria do Mestre Casagrande agora é Gracyanne Barbosa, mulher do cantor Belo. A comissão de frente de Rodrigo Negri e Priscila Mota é sempre um espetáculo à parte, assim como o casal de Mestre Sala e Porta bandeira Marquinhos e Giovanna.

A Grande Rio fez do drama de perder todas as suas alegorias e fantasias que estavam em seu barracão, ano passado, o tema do seu desfile com o enredo “Eu acredito em você. E você?”, de Cahê Rodrigues. E, falando sobre superação diante das adversidades, a escola de Duque de Caxias encerra o desfile do Grupo Especial, com a leva de famosos e “quens” que costuma trazer para enfeitar a Sapucaí.

Agora, é aguardar a apuração na quarta feira para saber como os jurados dos 4 módulos, um a menos que no último carnaval, avaliarão a passagem das 13 maiores representantes da festa que é a cara do povo do samba carioca e considerada a maior festa popular do planeta. As seis primeiras colocadas retornarão a passarela do Samba, no próximo sábado para o desfile das campeãs!

Vale lembrar que as escolas, na segunda-feira, desfilam na seguinte ordem, a partir das 21h: São Clemente, União da Ilha, Salgueiro, Mangueira, Unidos da Tijuca e Grande Rio.



*Valéria Del Cueto é jornalista, cineasta e colabora com o DC Ilustrado



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:28 Nadaf diz que delegado avisou das prisões
19:26 Pedro Taques prepara novos cortes
19:25 Chico Lima próximo de delação
19:25 Marcel de Cursi é reintegrado ao governo
19:24 Aumento de PIS/Cofins gerará receita de R$ 10,4 bi


19:24 Silval confessa mais um crime
19:23 Frete se mostra mais ‘vilão’ em 2017
19:21 Preso após atirar na casa da sogra
19:21 Vendedor de lingerie é assaltado
19:20 Traído registra ocorrência em delegacia
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015