Domingo, 14 de fevereiro de 2016 Edição nº 13131 07/10/2011  










SEGURANÇAAnterior | Índice | Próxima

Violência explode nos primeiros dias de outubro


Em apenas seis dias, onze pessoas foram assassinadas na Grande Cuiabá, a maioria em Várzea Grande
ADILSON ROSA
Da Reportagem

O mês de outubro começa violento na Grande Cuiabá. Em seis dias, ocorreram 11 assassinatos – sendo sete em Várzea Grande e quarto na Capital – caracterizando como início de mês mais violento do ano. Até agora, a maior parte das execuções está ligada ao tráfico de drogas. Além disso, mais uma vez Várzea Grande lidera no número de assassinatos.

Nas últimas horas, foram três execuções - sendo três em Várzea Grande e uma na Capital. Em duas, a Polícia confirmou ser um acerto de contas envolvendo entorpecente.

Dos 11 assassinatos, a Polícia prendeu apenas um autor em flagrante. Em cinco, policiais da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) identificaram os suspeitos.

O último homicídio ocorreu ontem, no final da manhã, quando o ex-presidiário Welington Liviano de Lima, de 30 anos, foi assassinado com um pedaço de madeira ou ferro em sua casa em construção, no setor 2 do Tijucal.

O corpo foi localizado por vizinhos que foram procurá-lo e deparam com o cadáver. As investigações apontam para um acerto de contas, pois Welington tem 14 passagens pela Polícia e está com três prisões preventivas decretadas recentemente, sendo duas por roubo e uma homicídio.

Segundo a delegada Anaíde Barros, de plantão na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o crime seria um acerto de contas. Os policiais descobriram que os criminosos arrombaram a porta dos fundos e executaram a vítima.

“Ainda não sabemos se a vítima foi assassinada com uma barra de ferro ou pedaço de madeira ou algo similar. Trata-se em princípio de um objeto contundente que atingiu a cabeça da vítima”, explicou a delegada.

Conforme os policiais, Welington estava morando na casa, onde realizava uma reforma. A família dele morava em outra parte do Tijucal e deveria se mudar para a casa nova, nos próximos meses.

A delegada informou que deverá ouvir familiares de Welington nos próximos dias e, com isso, obter mais informações que possam chegar aos autores do assassinato.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· Sr. Secretário de Segurança Os morado  - Zé do Povo




13:43 “Operação Sodoma é um cadáver jurídico”
13:42 Estados pedem criação da DRE
13:42 Estado solicita à Justiça novo prazo para decidir o VLT
13:22 Sema dá licença para instalação de santuário de elefantes
13:21 80 escolas de Cuiabá aderiram a programa federal


13:21 Mensalidades ficam até 70% mais caras no ensino integral
13:20 Ensino público integral ainda é sonho
13:20 Número de escolas integrais aumentará em 2017
13:19 Carro “detecta” inadimplentes
13:19 1,8 milhão de veículos
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015