Segunda feira, 17 de junho de 2019 Edição nº 13080 07/08/2011  










Anterior | Índice | Próxima

Segue seu poema dedicado à ‘Cuyaba’:

Da Reportagem

CIVITAS MATER *

“Meu carinho filial e meu sonho de poeta

Vêem-te, ó doce cidade ideal dos meus amores,

Em teu plácido vale, entre colinas, quieta,

Como um Éden terreal de encantos sedutores.



Tuas várzeas gentis estreladas de flores

Sagram-te do sertão a Princesa dileta

E o Sol te elege, quando, em íris multicores

Na esmeralda dos teus palmares se projeta.



Nenhuma outra cidade assim à alma nos fala,

Dos teus muros senis a tradição se exala

E a nossa História inteira em teu brasão reluz.



Ainda hoje em teu ambiente,ó minha urbe querida

Paira dos teus heróis a sombra estremecida



- Nobre Vila Real do Senhor Bom Jesus”!



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




06:12 Alento na segurança
06:11
06:10 Bandidos na TV conta o caso do apresentador acusado de encomendar mortes por audiência
06:09 Do cinema para os palcos: Loucos de Amor estreia neste final de semana
06:05 Lula põe em dúvida facada em Bolsonaro


06:04 Morre aos 76 anos o jornalista Clóvis Rossi
06:03 Maia diz que governo é usina de crises
06:00 Após cortes, Copa América começa com problemas
06:00 Toronto Raptors conquista NBA pela 1ª vez
05:59 Messi vira pavão e tenta título inédito
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018