Sexta feira, 19 de abril de 2019










15/07/2010 16:13Anterior | Índice | Próxima

Vila Bela da Santíssima Trindade começa as comemorações da Festa do Congo

Da Reportagem

Um das mais tradicionais manifestações culturais e religiosas de Mato Grosso, a Festa do Congo movimenta a cidade que foi a primeira capital da antiga Província de Mato Grosso, Vila Bela da Santíssima Trindade. As comemorações iniciaram na quarta-feira (14) e vão até o dia 25 de julho.

A programação da festança, como os vilabelenses chamam a festa tradicional, traz rezas cantadas, missas em honra ao santo negro São Benedito e ao Divino Espírito Santo, alvorada e as apresentações tão esperadas pela população e o público visitante - as danças do Chorado e do Congo, manifestações que são difundidas em Vila Bela desde o início do século 19.

A programação para este próximo final de semana começa no sábado com rezas cantadas. No domingo tem missa em ação de graças, seguida do almoço, futebol, rezas cantadas e shows à noite. Na segunda e terça-feira, o ponto alto da festa são as danças do Congo e do Chorado, que vão ocorrer no centro de eventos da cidade, próximo ao Palácio dos Capitães Generais.

O evento em Vila Bela da Santíssima Trindade é organizado pelas Irmandades do Glorioso São Benedito, da Santíssima Trindade e do Divino, e tem apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento do Turismo e prefeitura municipal.

A secretária de Desenvolvimento do Turismo de Mato Grosso, Vanice Marques, comenta que as tradições de Vila Bela se constituem um importante atrativo turístico, pois os turistas buscam esse tipo de evento para conhecer a história e a cultura regionais.

Dança do Congo

Resistência, tradição, demonstração de fé e religiosidade, demonstrando a força de um povo que luta para preservar sua história. Reis e embaixadores travam uma luta dramatizada em que dois reinados africanos disputam o poder. Em Mato Grosso, a dança surgiu com a vinda de escravos para a primeira Capital, Vila Bela. A dança manifesta ainda a resistência dos negros que ficaram no município mesmo com a transferência da Capital para Cuiabá.

Na dança, os homens tocam os instrumentos e as mulheres representam as rainhas, que trajam vestidos longos, nas cores azul ou branco com enfeites, e levam à frente o estandarte com os santos de louvor: São Benedito e Nossa Senhora do Rosário. Os personagens do reinado do Congo são o Rei, o Príncipe e o Secretário de Guerra; do reino adversário aparecem o Embaixador e soldados. A nobreza usa mantos, coroas e bastões coloridos e ornamentados com flores como instrumentos. Em Vila Bela, os dançarinos se caracterizam com as flores na indumentária que servem para reverenciar São Benedito. As roupas são multicoloridas, porém predominam as cores vermelho e azul.

Vila Bela

A história da cidade está ligada intimamente com o surgimento do Estado de Mato Grosso. No século XVIII, o crescimento de um quilombo em Vila Bela acendeu a luz vermelha da Coroa Portuguesa. A líder do Quilombo do Piolho ou Quariterê, Teresa de Benguela, uma guerreira comandou uma comunidade com mais de três mil habitantes. O quilombo cresceu, recebeu migrantes índios, bolivianos e brasileiros, tornando-se núcleo multirracial com organização política.

Vila Bela da Santíssima Trindade foi a primeira capital de Mato Grosso. De 1748 a 1835, o poder estadual foi instalado na cidade.

Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· Esta festa, já estive presente ela muito  - Loryn




20:14 A reforma da Previdência
20:13 Benefícios fiscais: concessão e requisitos
20:11 Quadro de instabilidade
20:10
20:06 Miss Brasil pode não ser realizado em 2020 por falta de acordo entre Polishop e Band


20:06 Segunda temporada da série de comédia "Samantha!", com Emanuelle Araújo, chega hoje à Netflix
20:05 Maisa estreia talk show inspirada em Hebe
20:05 Programa Mais Você estreia nova competição culinária com amadores copiando chefs famosos
20:04 Tributo ao Rei: Nando Reis lança disco que recupera músicas menos conhecidas de Roberto Carlos
20:03 Ministro chama de mordaça censura a sites
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018