Segunda feira, 16 de setembro de 2019 Edição nº 9813 18/12/2000  










BOXEAnterior | Índice | Próxima

Popó vence por nocaute e mantém título dos superpenas

Da Reportagem

O brasileiro Acelino Freitas, o Popó, campeão dos superpenas pela Organização Mundial de Boxe, criticou o desdém com que a luta com Daniel Alicea foi tratada no Brasil, após bater o porto-riquenho por nocaute no assalto inicial, em Sheffield, sábado.

O britânico Naseem Hamed, melhor pena da atualidade, havia sido convidado mas não foi à luta, que não foi válida pelo título.

“Infelizmente, o Brasil está tão acostumado a ver derrotas no esporte, que acha que quando um atleta (brasileiro) ganha, é fraco e venceu porque teve adversário fraco”, disse. “Comigo ninguém vai ver derrota, por isso ninguém está feliz com minhas vitórias.”

Com o resultado, Popó acumula 28 vitórias, todas por nocaute. Ao ser questionado sobre a qualidade de seus oponentes, o baiano irritou-se. “Todos os meus adversários sempre foram fortes.”

Alicea, no entanto, foi informado que enfrentaria Popó com apenas duas semanas de antecedência e em seu combate anterior havia sido derrotado por pontos pelo norte-americano Lamar Murphy, em outubro passado.

Por causa disso, o porto-riquenho, que era o 11º do ranking da OMB, foi retirado da listagem.





Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:45 Seis em cada dez internautas fizeram compras no último ano
17:37
16:53 Novos horizontes na aviação brasileira
16:53 A mulher bonita da janela alegre
16:52 Resistência à CPMF


16:52 Saúde: um direito ainda utópico
16:51 Nietzsche ganha verniz pop em nova biografia, que o apresenta como misógino
16:51
16:50 Órfãos da Terra: capítulos da última semana não serão antecipados no Globoplay
16:50 Dramaturgia em diálogo com a psicanálise
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018