Segunda feira, 19 de novembro de 2018 Edição nº 9601 14/05/2000  










UGA-UGAAnterior | Índice | Próxima

Milionário e econômico até com as solas de seus sapatos

Lima Duarte se diverte em cena com as atitudes excêntricas deseu personagem na novela das 18h da Rede Globo

Carlos Ivan/Ag. O Globo
O ATOR DURANTE as gravações de "Uga uga" numa praia do Rio de Janeiro. Na trama de Carlos Lombardi, ele interpreta o empresário Nikos

ELIZABETE ANTUNES
Da Agência O Globo

No papel do milionário e excêntrico Nikos, de "Uga uga", Lima Duarte quer homenagear personalidades conhecidas mundialmente. O ator conta que, para viver seu personagem na recém-lançada novela das 18h da Rede Globo, tem se inspirado em nomes como Salvador Dalí, Pablo Picasso e Charles Chaplin. Segundo o intérprete, assim como Nikos, esses homens "amaram muito e souberam envelhecer."

- Sempre tive grande admiração por pessoas que morrem com alma de criança e que não têm limites no amor, na vida, assim como o eterno Carlitos, Dalí, Picasso ... E acho que o Nikos também tem esse perfil - diz o ator, que, na história, continuará apaixonado por Vitória (Silvia Pfeifer) mesmo após sua morte.

Na trama de Carlos Lombardi, sob direção geral de Wolf Maya, Nikos também tem atitudes extravagantes, como jogar dinheiro fora.

- A cabeça dele é muito infantil - conta. - Ele, por exemplo, anda de cadeira de rodas para não gastar a sola do sapato (risos). Porque, na verdade, ele não precisa daquilo, é um homem saudável.

Porém, com sua miopia e até um jeitão meio rabugento, Nikos estará sempre se metendo em confusões.

- Como ele não enxerga direito, se envolverá em mil trapalhadas. Estou me divertindo com este personagem. É uma delícia fazer "Uga uga". Estou dando muita risada em cena, e isso é ótimo para o trabalho - ensina o veterano.



BETERRABA SE FARÁ PASSAR PELO ÍNDIO TATUAPÚ

Nos próximos capítulos de "Uga uga", Beterraba (Marcelo Novaes) também tentará pôr a mão em parte da fortuna de Nikos (Lima Duarte). De cocar e apito, ele se apresentará ao empresário como se fosse o seu neto, o índio Tatuapú/Adriano (Cláudio Heinrich). A farsa será armada por Santa (Vera Holtz) e seu filho, Rolando (Heitor Martinez).

Sem óculos, a princípio Nikos acreditará que Beterraba é mesmo seu herdeiro. Mas o feirante logo será desmascarado pelo mordomo Anísio (Tato Gabus). Descoberto o plano, Santa e Rolando serão expulsos da casa do milionário.

Disposto a encontrar Tatuapú, Nikos resolverá viajar para o Pantanal. E, ao conhecer Baldochi (Humberto Martins), lhe oferecerá US$ 10 mil para que ele o leve ao neto.

- O Tatuapú nunca quis sair da aldeia onde foi criado, mas lá também sempre se sentiu rejeitado por ser louro, barbudo, desbotado e virgem, já que as índias nunca o quiseram - explica o autor Carlos Lombardi. - Quando chegar na cidade, ele ficará muito confuso com tudo que verá. Até porque foi criado na mata e se tornou uma pessoa bastante ingênua.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:49 Mauro Mendes admite que pode ter que taxar agronegócio
17:49 BOA DISSONANTE
17:48 É decisão na Arena
17:48 Assim é
17:48 II Jornada Mundial dos Pobres


17:48 Direito ao auxílio acidente
17:47 Violência infantil
17:43 Desembargador declara que juíza “agiu politicamente” em ação
17:42 Viana acusa colegas de receberem propina
17:42 Bolsonaro defende medidas amargas
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018