Sexta feira, 19 de abril de 2019 Edição nº 12054 04/03/2008  










GEO-OBRASAnterior | Índice | Próxima

TCE quer exterminar obras fantasmas

Da Reportagem

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) promete instituir um mecanismo que visa minimizar os prejuízos causados ao erário público por conta das “tradicionais” obras inacabadas. Munido do sistema de fiscalização denominado de Geo-Obras, o Tribunal pretende alertar gestores municipais, secretários e legisladores sobre a necessidade de concluir projetos iniciados principalmente em administrações anteriores.

Também cobrará um posicionamento dos parlamentares sobre a discussão de soluções que possam integrar a peça orçamentária, por meio do direcionamento de políticas públicas. Com um custo aproximado de R$ 500 mil, o TCE espera lançar o Geo-Obras em maio de 2008. Contudo, as ações estão em andamento através da instituição de uma comissão responsável pelo levantamento das obras inacabadas em Mato Grosso. Instituída no dia 27 de fevereiro, a comissão terá prazo de 60 dias para apresentar relatório dos trabalhos. Segundo o presidente da Comissão, Nelson Yuwao Kawahara, as ações contarão ainda com dados fornecidos pelos gestores públicos.

A resolução que aprova o formulário “demonstrativo de obras públicas” deverá ser publicada na próxima sexta-feira. A publicação traz ainda questionário a ser preenchido pelos gestores e enviado posteriormente ao Tribunal. O objetivo é traçar uma linha comparativa entre as informações disponibilizadas pelos gestores e os dados conferidos pela comissão.

O presidente do Tribunal de Contas, conselheiro Antônio Joaquim, destacou que a ação visa “exterminar as obras fantasmas” do Estado. No entanto, admitiu a dificuldade de encontrar dados precisos sobre projetos que se encontram emperrados. (SF)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· Meus parabéns ao presidente do TCE, com   - Alberto Cavalvante
· Bela iniciativa do novo Presidente do TC  - Joilson Gonçalves da Silva
· Quero de publico dar os meus parabens ao  - orlando m apoitia




20:14 A reforma da Previdência
20:13 Benefícios fiscais: concessão e requisitos
20:11 Quadro de instabilidade
20:10
20:06 Miss Brasil pode não ser realizado em 2020 por falta de acordo entre Polishop e Band


20:06 Segunda temporada da série de comédia "Samantha!", com Emanuelle Araújo, chega hoje à Netflix
20:05 Maisa estreia talk show inspirada em Hebe
20:05 Programa Mais Você estreia nova competição culinária com amadores copiando chefs famosos
20:04 Tributo ao Rei: Nando Reis lança disco que recupera músicas menos conhecidas de Roberto Carlos
20:03 Ministro chama de mordaça censura a sites
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018