Quarta feira, 22 de outubro de 2014 Edição nº 11801 28/04/2007  










TRÁFICO DE MULHERESAnterior | Índice | Próxima

PF prende acusado de aliciar cuiabanas

Suspeito convencia mulheres a viverem na Europa, e exagerava no relato das vantagens; mulheres sabiam que iam para trabalhar na prostituição

Pedro Alves/DC
Cleberson (acima) atendia à organização em que Juan, o agenciador espanhol, fazia parte há pelo menos três anos
ADILSON ROSA
Da Reportagem

Policiais federais prenderam o massoterapeuta, técnico em radiologia e estudante de Direito Cleberson Rodrigues Sigarini, de 23 anos, acusado de participar de um esquema de tráfico de mulheres, que eram aliciadas em Mato Grosso e levadas para se prostituir na Espanha e toda Europa.

Ele foi preso anteontem à noite na porta de uma sala de aula na Unic, no momento em que começaria a estudar. O estudante é a segunda pessoa presa durante a Operação Espanha desencadeada pela PF de Mato Grosso.

Conforme a Polícia Federal, Cleberson pertence à quadrilha da qual faz parte o espanhol Juan Ruiz Blanco, de 30, preso no sábado no aeroporto Marechal Rondon, em companhia de uma mulher que estava sendo levada para a Espanha.

Os dois foram abordados no momento em que embarcavam para São Paulo. Ela iria trabalhar numa boate em Madri. Ambos foram indiciados por crime de tráfico de pessoas, que prevê pena de três a oito anos de prisão.

De acordo com as investigações, Juan já atuava há cerca de três anos no Brasil recrutando mulheres. Pelo esquema, Cleberson era quem agenciava as mulheres em Mato Grosso e, principalmente, na Grande Cuiabá. Ele fazia o contato, e exagerava as vantagens de viver na Europa.

As candidatas acreditavam nas promessas, que nem sempre eram cumpridas. As mulheres, no entanto, saíam do Brasil sabendo que iriam se prostituir, mas à família contavam uma outra versão.

“Na maior parte das vezes, diziam que iriam trabalhar de babá e garçonete. No caso desta mulher presa sábado, ela acabou contando depois, ao marido, que iria se prostituir”, explicou o delegado da PF em Mato Grosso, José Maria da Fonseca.

A PF, no entanto, não sabe quantas mulheres saíram de Mato Grosso e muito menos do Brasil para se prostituir na Europa. O delegado explicou que pedirá ajuda à Interpol (Polícia Internacional) para saber quantas mulheres estariam se prostituindo na Europa, a partir da Espanha. Ele lembrou que não existe um controle de entrada e saída de pessoas do país porque a Constituição Federal proíbe.

A desarticulação do esquema ocorreu há cerca de três meses, quando Juan voltou ao Brasil. Desde então, a PF o segue, pois já era investigado por tráfico de pessoas. Os policiais, então, descobriram que ele levaria uma mulher para a Espanha. Então, só esperaram o casal fazer o check in para prendê-los.

Na Superintendência da Polícia Federal de Mato Grosso, Cleberson negou que estivesse fazendo tráfico de mulheres ou participasse de algum esquema criminoso. Relatou que fazia o contato com as mulheres. Mas posteriormente, contudo, admitiu que sabia da intenção de Juan.

Juan também negou que estivesse no país para o tráfico de mulheres. Alegou que viajou como turista e teve um caso com a mulher que embarcaria com ele. Então, a convidou para viajar para a Espanha. Juan tem visto de turista por 90 dias.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· Alguns comentários demonstram senao puro  - José Carlos Bailon
· Gente...deixa essa mulherada ganhar dinh  - rubisten mariovan
· 99¨% das mulheres que estão na espanha s  - O PREÇO DO DINHEIRO

21:46 Agência Moody's rebaixa a nota da estatal Petrobras
21:45 Orgânicos abastecem mercado local
21:45 Teles terão de explicar as mudanças em pacote de dados
21:45 Setembro fechou com alta
21:35 Base de Taques tem 4 na disputa


21:35 Vereadores estudam abrir CPI
21:34 Mauro Zaque também é contra redução
21:34 Cuiabá tem déficit de R$ 35 mi
21:34 Receitas ficam 10% acima do previsto
21:33 Zaque diz que disputa para romper com gestão “saturada”
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2012