Sábado, 21 de setembro de 2019 Edição nº 11670 18/11/2006  










Anterior | Índice | Próxima

Grupo que apoiava Luiz está indeciso

MARCIA RAQUEL
Da Reportagem

O vereador e Permínio Pinto (PSDB) afirmou ontem que vai propor aos vereadores que restaram no grupo que apoiava a candidatura de Luiz Marinho (PFL) à presidência da Mesa Diretora da Câmara Municipal a abstenção na disputa. O grupo, que conta com cinco dos 19 vereadores, deve se reunir hoje pela manhã para discutir o assunto.

“O nosso grupo se desfez, primeiro houve a dissidência de Luiz Poção e depois dos três vereadores do PPS. Do outro projeto eu não participo. Então nós perdemos a disputa, temos que reconhecer a derrota”, disse ao ponderar que a preferência pela abstenção é porque a maioria dos prováveis integrantes da chapa de Lutero não integra verdadeiramente a base de sustentação do prefeito Wilson Santos (PSDB).

Em princípio, a chapa de Lutero teria ainda os vereadores Luiz Poção (sem partido), Lueci Ramos (PFL), Lúdio Cabral (PT) e Marcus Fabrício (PP). Com exceção de Lutero, nenhum dos demais compõe o nosso projeto. “Eles são mais independentes”, argumentou.

No entanto, Permínio Pinto afirmou que se for coto vencido no grupo, ele acompanhará a decisão de apoio a Lutero. “Se eu for voto vencido entre os cinco eu voto com eles pelo Lutero e pelo grupo”, disse.

Ainda segundo Permínio, o vereador Luiz Marinho se reuniu com Lutero Ponce para discutir o assunto na noite de quinta-feira, porém, o grupo dos cinco, que é composto também pelos vereadores Domingos Sávio (PMDB), Walter Rabello (PMDB) e Mário Lúcio (PV), ainda não conseguiu se reunir para discutir a questão.

O vereador Domingos Sávio afirmou que neste final de semana deve conversar com o seu colega de bancada para discutir como ficará o apoio do PMDB na disputa. Segundo Sávio, na quinta-feira ele se reuniu com os vereadores Luiz Marinho, Permínio Pinto e Mário Lúcio, porém, o grupo ainda não havia tomado uma posição sobre como proceder.

Marinho chegou a ter o apoio de 10 dos 19 vereadores. Porém, o vereador Lutero Ponce conseguiu fazer com que cinco dos seus apoiadores mudassem de lado.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




21:42 Postos querem redução da carga tributária
21:39 Deputados analisam mudança na Lei Orgânica do Tribunal
21:38 Projeto veda cedência de policiais
21:38 Grupo que apoiava Luiz está indeciso
21:38 Lúdio não aceitará cargo na mesa


21:38 PT se posiciona sobre eleição da Câmara
21:37 MPE quer identificar contratados
21:37 Oposição não vai à inauguração
21:37 Candidatos acompanharam votação na sede da OAB
21:37 Paulo Taques diz que fará oposição, sem revanchismo
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018