Domingo, 25 de agosto de 2019 Edição nº 11670 18/11/2006  










PARLAMENTO DA CAPITALAnterior | Índice | Próxima

PT se posiciona sobre eleição da Câmara

Único vereador petista já declarou que apóia o nome de Lutero Ponce (sem partido) para presidir o Legislativo no biênio 2007/2008


Vereador Lúdio Cabral vai defender hoje o apoio do partido à candidatura do vereador Lutero Ponce à presidência da Câmara
SONIA FIORI
Da Reportagem

O diretório municipal do PT realiza hoje, às 14h, na sede do Sindicato dos Bancários, reunião que também terá na pauta decisão sobre a nova mesa diretora da Câmara Municipal de Cuiabá. Os 38 membros do diretório deverá se posicionar sobre a possibilidade de apoio a chapa liderada pelo vereador Lutero Ponce (sem partido).

O vereador Lúdio Cabral (PT) deverá defender seu apoio a Lutero. Até o início desta semana, Lúdio representava o ponto de desempate na disputa entre as chapas de Luiz Marinho (PFL) e de Lutero. Contudo, com o desmonte do grupo de Marinho em favor de Lutero, Lúdio deixou de ter o apoio disputado.

De acordo com o presidente do diretório municipal Jairo Rocha (PT), o fato de Lutero ter agora o apoio da maioria dos 19 deputados, não significa necessariamente o acompanhamento do PT de Cuiabá. “Estamos fazendo uma análise do cenário e vamos discutir o que é melhor para o PT na Câmara de Cuiabá”, disse Jairo.

Segundo Rocha, a decisão sobre o apoio ou não a Lutero deverá ser de consenso. Contudo, o outro caminho é vencer pela decisão da maioria, reiterou Jairo. O presidente do diretório disse apostar na compreensão do vereador Lúdio Cabral, caso o partido opte por não apoiar Lutero. “Não trabalhamos com a possibilidade do Lúdio não seguir a orientação do partido. Ele sempre foi defensor das orientações do diretório e acredito que irá respeitar a decisão dos membros”, ressaltou.

Segundo Jairo, na reunião também deverá ser avaliada outras questões pertinentes ao partido, como o projeto eleitoral para o próximo ano. Outro ponto que deve gerar discussão entre os membros do PT municipal é a possibilidade de privatização da Sanecap. De acordo com o presidente, o PT deverá deliberar por mobilizações contra a privatização do sistema.

Jairo lembrou também que a posição do PT no processo de eleição da nova mesa diretora do Legislativo Municipal é a “questão menos importante a ser tratada no encontro de hoje”.

No início desta semana o diretório municipal do PT realizou reunião entre os então líderes de chapas, respectivamente vereadores Luiz Marinho (PFL) e Lutero Ponce (sem partido). Ambos receberam reivindicações de membros do PT, além de apresentar propostas, caso fossem eleitos.

No encontro de hoje o PT só poderá avaliar o cenário de disputa sob a liderança de Lutero. Segundo Jairo Rocha, a bancada do PT na Câmara Municipal tem a missão de cumprir a orientação do partido sobre o apoio numa disputa à presidência do Legislativo.

Já o vereador Lúdio Cabral disse que a bancada do partido tem autonomia para decidir sobre o assunto, contudo a orientação do diretório deve ser respeitada.

Nas disputas anteriores, até quando o partido tinha mais de um representante, o PT optou por não apoiar as demais candidaturas.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:43 Uma vela para Willian
17:42 RiseUp! Pocket
17:41 Fake news na internet
17:39 Lista da privatização
17:38 Dalila usa prisão injusta de Jamil no passado para acusá-lo de homicídio em Órfãos da Terra


17:38
17:37 Caio Blat afirma que Globo fará série de Grande Sertão: Veredas para 2020
17:36 Ex-gordo, Leandro Hassum estreia seu talk show fora da Globo
17:35 Presidente da Ancine diz que suspensão de edital foi convite ao diálogo
17:34 Lançado em momento oportuno, obra de Laurentino Gomes deixa de aprofundar certos fatos
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018