Segunda feira, 16 de setembro de 2019 Edição nº 11533 04/06/2006  










Anterior | Índice | Próxima

Deputados foram citados em suposto esquema

Da Reportagem

Divulgado recentemente, mas tão antigo quanto o suposto “mensalão”, o escândalo que consistia na fraude de licitações para a compra de ambulâncias para as prefeituras, denominado de “máfia das ambulâncias” ou simplesmente sanguessugas, envolve ainda mais parlamentares federais. Dos 11 congressistas de Mato Grosso, somente três não foram citados em nenhum momento até agora.

O golpe, segundo a PF, causou um prejuízo de cerca de R$ 110 milhões aos cofres públicos nos últimos cinco anos.

No dia primeiro de junho, o Ministério Público Federal denunciou 81 pessoas por corrupção ativa, fraude em licitação, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha no esquema de compra irregular de unidades móveis de saúde. Entre os denunciados está o ex-senador Carlos Bezerra (PMDB).

O esquema, que era feito através dos recursos de emendas parlamentares para a compra de ambulâncias pelo Ministério da Saúde, era controlado pelo empresário Darci José Vedoin, dono da Planam, que tem sede em Cuiabá.

Ele será processado por corrupção ativa, lavagem de dinheiro, falsificação de documento público, estelionato e formação de quadrilha. Vedoin foi indiciado pela Polícia Federal em 75 inquéritos.

Segundo depoimento da ex-assessora do Ministério da Saúde, Maria da Penha Lino, que denunciou todos os parlamentares envolvidos, Vedoin levava dinheiro para a Câmara Federal em meias, cuecas e nos bolsos do paletó. Segundo a ex-assessora, mais da metade dos deputados federais estariam envolvidos no esquema. (MR)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




18:02 BOA DISSONANTE
18:01 Taques se preocupa com contas na AL
18:00 o Senado Federal e a ditadura do STF
18:00 Deputado é cidadão! Até que ponto?
17:59 O secretário e a arena


17:57
17:57 Resistência à CPMF
17:56 A história secreta de uma indústria pop
17:56 Com novo livro, Pondé diz que modernidade é como adolescente que julga mãe
17:55 O nome dela é Gal
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018