Quarta feira, 14 de novembro de 2018 Edição nº 11271 20/07/2005  










INVESTIMENTOSAnterior | Índice | Próxima

Obras fazem prefeito recuar de IPM

Recursos prometidos para Cuiabá fizeram com o prefeito Wilson Santos encerrasse a polêmica sobre a fatia do ICMS


Prefeito Wilson Santos e o secretário-chefe da Casa Civil, Luiz Antonio Pagot, detalharam os investimentos em Cuiabá
NOELMA OLIVEIRA
Da Editoria

Investimentos acertados pelo governo do Estado para Cuiabá fizeram com que o prefeito Wilson Santos (PSDB) desse por superado a questão das perdas da distribuição do Índice de Participação dos Municípios (IPM) do ICMS para a Capital. A redução da fatia do imposto, argumentava o prefeito, causava prejuízos de cerca de R$ 15 milhões ao ano.

“Tenho certeza que o investimento do governo do Estado é superior. Esta pendenga está resolvida e eu não trato mais deste assunto, está encerrado, me dou por satisfeito”, enfatizou o prefeito, ontem pela manhã, ao deixar o gabinete do governador Blairo Maggi, após a segunda reunião para tratar de obras para a Capital.

Conforme o secretário-chefe da Casa Civil, Luiz Antonio Pagot, o governo do Estado vai aplicar R$ 28 milhões para a construção de duas estações de tratamento de água, no bairros Tijucal e Ribeirão do Lipa. Também, conforme o porta-voz do Poder Executivo do Estado, outros R$ 56 milhões serão aplicados na estação de tratamento de esgoto. Os recursos totalizam R$ 84 milhões.

“Nós havíamos prometidos que se houvesse investimentos, em Cuiabá, não recorreríamos à Justiça. Agora, faço uma nova promessa que não há mais discussão sobre o ICMS”, avisou Wilson Santos.

Conforme o prefeito, a reunião também concluiu as discussões sobre os investimentos em infra-estrutura do governo na Capital. Foram acertadas a construção de 500 casas, pelo programa Nova Chance, sendo que 100 serão entregues ainda este ano e mais 400 unidades habitacionais em 2006.

Pagot revelou que serão empregados R$ 7,5 milhões na construção das casas populares. Foram firmadas parcerias ainda na pavimentação asfáltica, inicialmente, no bairro Cidade Verde.

“O governador assumiu o compromisso de nos ajudar na área de água e esgotamento sanitário, com quantias que jamais o Estado ajudou Cuiabá. Saio daqui muito satisfeito com o compromisso histórico do governador Blairo Maggi com o saneamento de Cuiabá”, revelou o prefeito da Capital.

Participaram, da reunião com o governador e o prefeito, além do secretário-chefe da Casa Civil, o secretário de Infra-estrutura da Capital, Andelson Gil do Amaral, e a presidenta da Sanecap, Eliana Rondon.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




21:00 Wilson admite dirigir PSDB e reafirma simpatia a Maggi
21:00 Eliene Lima mantém Candidatura à Câmara
20:59 Audiências debatem orçamento participativo
20:59 Parcerias garantem recursos de R$ 84 milhões
20:58 Obras fazem prefeito recuar de IPM


20:58 Santos se diz satisfeito com investimentos
20:58 Henry diz que não está preocupado com CPMI
20:57 Lideranças pefelistas estão Reforçando convite a Maggi
20:54 Tucanos também assediam governador a se filiar
20:53 “Freire leva PPS à aventura”, argumenta Pagot
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018