Sábado, 19 de abril de 2014










VEÍCULOS E MOTOS 14/12/2004 09:03Anterior | Índice | Próxima

Detran realiza leilão nesta quarta e quinta-feira em Cuiabá

Da Reportagem

O Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), realiza nesta quarta-feira e quinta-feira (15 e 16) em Cuiabá, a partir das 08h00 mais um leilão público para vendas de carros e de motos apreendidos ou retidos no pátio do órgão. Desta feita serão 135 carros e motos com lançes iniciais que variam de R$ 150 a R$ 3.500, para motos ou motonetas. Para carros os lançes iniciais variam de R$ 200 a R$ 5.500.

Este será o quarto leilão realizado neste ano e os lotes são veículos que já ultrapassaram 90 dias de permanência no pátio do Detran e legalmente já podem ser leiloados. “Estamos trabalhando na forma da lei, e cumprindo o que prevê o Código de Trânsito Brasileiro em seu artigo 328, que permite o leilão do veículo não procurado ou reclamado” afirma o presidente da comissão de leilão Dáfinis Oliveira Junior, que vai coordenar pessoalmente o certame.

Também confirmou o presidente da comissão permanente de leilão, que após o arremate do bem, o comprador só poderá retirar o veículo após 30 dias do leilão. A medida é em cumprimento ao que prevê uma portaria do Denatran – Departamento Nacional de Trânsito -, e que manda tal procedimento em caso de leilão público pelos Departamentos Estaduais de Trânsito.

“Portanto é bom que os participantes prestem atenção no que prevê o edital do leilão para não serem surpreendidos”, destaca Dáfini Oliveira Júnior, relembrando ainda que boa parte da frota a ser leiloada não tem condições de voltar as ruas por serem sucatas, ou mesmo exigir muito investimentos para sua recuperação, inclusive com o pagamento de taxas e impostos.

Com a realização desse quarto leilão, o Detran-MT acelera o seu processo de modernização quanto a administração do órgão presidida por Moisés Sachetti, também observa o presidente da comissão de leilão. Segundo ele antes no órgão um leilão demorava até três anos para ser realizado, “e nesse ano até leilão no interior fizemos, como foi o caso de Rondonópolis no início desse mês, em que foram superadas todas as expectativas”, acrescenta Dáfini antecipando a meta para o 2005, quando o objetivo será realizar outros quatro leilões para resolver o problema da superlotação de pátios do Detran-MT e Ciretrans no interior. “Isso é preocupante porque gera custos operacionais e somos obrigados a racionalizar esse serviço e o custeio para cuidar desses mesmos veículos, dinheiro que poderia ser investido em outro setor”, ressalta.

Ainda segundo o presidente da comissão de leilão do Detran-MT, o proprietário pode evitar o leilão do carro até a véspera da realização do mesmo, bastando com isso que sejam pagos os débitos existentes. (Adão de Oliveira/Detran-MT)

Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· gostaria de participar qondo tiver o pro  - helena antunes de assis
· sou de campo verde e gostaria de saber s  - juilson
· qual é o telefone para mais informasois.  - luciano
· Caro amigos do Diario de Cuiaba sou do e  - Marcelo

13:43 Moto com rastreador é recuperada
13:43 Adolescente detido não tinha culpa
13:43 Jovem é preso com maconha e porte ilegal
13:42 Mulher morta com quatro tiros ainda segue sem identificação
13:42 Bebida alcoólica servida a menores


13:41 Homem morre após dez dias internado
13:41 Feriadão iniciou com três homicídios
13:24 Dez com alto nível de desnutrição
13:23 Presença será controlada por Ponto Eletrônico
13:23 Falta de água atormenta moradores
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2012