Quarta feira, 17 de outubro de 2018 Edição nº 9591 04/05/2000  










COPA DO BRASILAnterior | Índice | Próxima

São Paulo vence Sinop na volta de Sandro Hiroshi

O time paulista foi displicente em campo, mas confirmou classificação

Folha Image
Sandro Hiroshi voltou a jogar após a suspensão e conseguiu empolgar a torcida tricolor
Da Reportagem

Jogando de maneira displicente, o São Paulo venceu o Sinop-MT por 2 a 0, ontem, no Morumbi, e se classificou para as oitavas-de-final da Copa do Brasil.

Na próxima fase, o time paulista enfrentará o vencedor do confronto entre Remo e América-RN. Ontem, em Belém-PA, o Remo venceu por 2 a 0.

Os gols são-paulinos foram de França e do chileno Maldonado, que fez a sua estréia, entrando no segundo tempo.

A equipe do técnico Levir Culpi venceu o primeiro jogo por 4 a 0 e se classificaria até com uma derrota por 3 a 0.

Com tanta facilidade para assegurar a vaga, os são-paulinos demonstraram desinteresse pelo jogo desde o início.

As jogadas eram armadas com lentidão e sem criatividade. A displicência dos jogadores facilitou o trabalho do Sinop-MT.

A equipe do Mato do Grosso não teve problemas para fechar os espaços na defesa.

Sem conseguir invadir a área adversária, os são-paulinos trocavam passes laterais e tentavam dribles, mas na maioria das vezes erravam e perdiam a bola.

Mesmo precisando de uma goleada para alcançar classificação, o Sinop se preocupou mais em se defender.

No intervalo, Culpi fez as duas alterações que havia planejado na véspera. Sandro Hiroshi, que voltou após cumprir suspensão de seis meses, entrou no lugar de Raí. Maldonado, contratado como reforço para a zaga, fez a sua estréia, mas jogando como volante, no lugar de Axel.

As mudanças não alteraram o ritmo do São Paulo. Mesmo sem corrigir os seus erros, o time do Morumbi abriu o placar com um gol de cabeça do atacante França, após cobrança de escanteio, aos 10min do segundo tempo.

Com um chute de fora da área, aos 31min, Maldonado ampliou a vantagem são-paulina.

"Minha característica é mais de marcação, nunca havia arriscado chutar de fora da área”, disse Maldonado, após o jogo.

O Sinop-MT continuou jogando como no primeiro, mais preocupado em se defender.

O único lance perigoso do Sinop-MT aconteceu aos 43min, quando Mauricinho tocou de cabeça e a bola passou perto da trave.

SÃO PAULO - 2

Rogério; Belletti, Edmílson, Wílson e Fábio Aurélio; Axel (Maldonado), Alexandre, Marcelinho (Souza) e Raí (Sandro Hiroshi); França e Edu. Técnico: Levir Culpi

SINOP – 0

Aranha; Saci, Silva, Paraúna e Suliman; Carlinhos, Elias (Reginaldo), Tiganá e Marcelinho Boiadeiro; Nílton (Mauricinho) e Índio. Técnico:

Nilo Neves

Gols: França, aos 28min, e Maldonado, aos 31min, do segundo tempo

Cartões amarelos: Belletti (SP), Silva (SI), Carlinhos (SI) e Reginaldo (SI)

Juiz: Heber Roberto Lopes (PR)

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:34 Presidente critica 'calor eleitoral'
19:33 Discurso de Cid coloca em xeque 'frente democrática'
19:33 Críticas vão para programa eleitoral
19:32 Aliados disputam por espaço em ministros
19:31 Grêmio dá atenção para Libertadores


19:31 Palmeiras entra em ritmo de campeão
19:31 São Paulo já está em alerta por vaga na Libertadores
19:30 Barcelona quer afastá-lo por causa de Bolsonaro, diz jornal
19:30 Brasil derrota a Argentina e continua 100%
19:29 Operário vence o Poconé por 3 a 0
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018