Quarta feira, 21 de agosto de 2019 Edição nº 10861 07/03/2004  










PAES LANDINAnterior | Índice | Próxima

Cuiabana foi a primeiríssima dama do Brasil

Neste dia 08, Dia Internacional da Mulher, cumprimentamos a mulher mato-grossense na pessoa de uma ilustre Cuiabana, Dª Mariana Cecília de Souza Meirelles, esposa do primeiro Presidente da República do Estados Unidos do Brasil.

Corria o ano da graça de 1859, quando chegara à Cuiabá o Capitão Manoel Deodoro da Fonseca, na qualidade de ajudante de ordens do novo Presidente da Província de Mato Grosso, Antônio Pedro de Alencastro.

Os dias corriam sem novidades, na provinciana Cuiabá, para aquele jovem e impaciente oficial de artilharia, que tivera o seu batismo de fogo na Revolução Praieira, em Pernambuco. Até que conheceu Dª Mariana. Movidos por uma paixão fulminante, casaram-se no dia 16 de abril de 1860. Ele com 33 anos, ela com 34.

Nos dois anos ainda vividos em Cuiabá, tivera o Capitão que suportar o autoritarismo do temperamental Presidente Alencastro. Entretanto, seus aborrecimentos da rotina oficial, eram suavizados pela simplicidade acolhedora da esposa, Dª Marianinha, como era conhecida.

Em 1862, Deodoro acompanhado de Mariana, voltara à Corte. De 1864 em diante começaram as agitações que vieram roubar a paz do Império, até a Guerra do Paraguai. Os movimentos hostis afastaram o bravo Oficial do lar.

Mariana, no Rio, ficara morando na Rua das Flores por longos cinco anos com a sogra, Dª Rosa Paulina e mais seis cunhadas. Sete dos irmãos Fonseca tinham ido lutar no Paraguai.

Terminada a guerra, Deodoro voltara à Corte, homenageado pela sua bravura demonstrada nos campos de batalha. Muito embora afastado dos movimentos políticos que se opunham ao Império, fora, pelo seu prestígio de líder militar, cooptado pelos republicanos e assumiu a direção do movimento que o levaria à Presidente da República.

A lealdade e o companheirismo da esposa, sempre ao lado do seu “Maneco”, ficara imortalizada no quadro que retrata a cerimônia de assinatura, pelo Marechal Deodoro, da Constituição de 1891 – a primeira constituição da República. Ali, Dª Mariana se posiciona entre O Presidente e os ministros de Estado, destacando-se dentre eles: Ruy Barbosa, Benjamin Constant e Campos Sales.



* VALDEMIR PAES LANDIN é Tabelião em Chapada dos Guimarães.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· adorei a informaçao historica, mas nao f  - sebastiao gomes da costa




19:18 Saúde e Segurança mostram dificuldades
18:49 Maggi critica Governo Bolsonaro
18:49 BOA DISSONANTE
18:48 O ônibus, o sequestro e a segurança
18:47 Reflexões da vida


18:47 Um espetáculo atrás do outro
18:47 A complexidade do saneamento
18:46
18:46 Ingerências preocupantes
18:45 Biógrafo de Roberto Marinho terá que devolver R$ 200 mil à Companhia das Letras
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018