Quinta feira, 22 de agosto de 2019










24/07/2000 20:49Anterior | Índice | Próxima

PMs recusam a proposta do governo e intensificam movimento

Da Reportagem

Os policiais militares decidiram agora há pouco, em assembléia, rejeitar a proposta salarial do governo de Mato Grosso, que diminuia - em relação à proposta anterior - o salário de sargentos e outros superiores e acrescentava R$ 20 no salário dos soldados.

O presidente da Associação de Cabos e Soldados, ângelo da Matta, considerou "ultrajante" o que propôs o governo.

Amanhã, às 8 horas, todos os policiais militares vão se reunir no 1º Batalhão para iniciar a greve de fato, ou aquartelamento.

Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:18 Saúde e Segurança mostram dificuldades
18:49 Maggi critica Governo Bolsonaro
18:49 BOA DISSONANTE
18:48 O ônibus, o sequestro e a segurança
18:47 Reflexões da vida


18:47 Um espetáculo atrás do outro
18:47 A complexidade do saneamento
18:46
18:46 Ingerências preocupantes
18:45 Biógrafo de Roberto Marinho terá que devolver R$ 200 mil à Companhia das Letras
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018