Sábado, 14 de dezembro de 2019










24/07/2000 20:49Anterior | Índice | Próxima

PMs recusam a proposta do governo e intensificam movimento

Da Reportagem

Os policiais militares decidiram agora há pouco, em assembléia, rejeitar a proposta salarial do governo de Mato Grosso, que diminuia - em relação à proposta anterior - o salário de sargentos e outros superiores e acrescentava R$ 20 no salário dos soldados.

O presidente da Associação de Cabos e Soldados, ângelo da Matta, considerou "ultrajante" o que propôs o governo.

Amanhã, às 8 horas, todos os policiais militares vão se reunir no 1º Batalhão para iniciar a greve de fato, ou aquartelamento.

Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




17:07 MEC libera que cursos presenciais com conceitos mais baixos expandam carga horária à distância
17:07 STF prevê julgar no ano que vem permissão a candidatura avulsa
17:06 Conflitos e retrocessos marcam presença do Brasil na COP-25
17:05 14 – sábado Desigualdade e evasão escolar
17:05 BOA DISSONANTE


17:04 Doador de amor
17:03 Lei do retorno
17:03 Nossos demônios…
17:02 O Auditor Interno e o combate à corrupção
17:00 Na COP 25, MT defende tolerância zero ao desmatamento
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018