Domingo, 13 de outubro de 2019 Edição nº 10591 13/04/2003  










Anterior | Índice | Próxima

Cruzeiro joga para manter a invencibilidade

JOÃO MARCOS DIAS
Da Agência Pelé.Net – Belo Horizonte, MG

Invicto há 24 jogos, o Cruzeiro enfrenta hoje, às 17h, no Mineirão, a Ponte Preta, às voltas com uma questão judicial que pode prejudicar sua campanha no Campeonato Brasileiro. Enquanto o Cruzeiro tenta sua segunda vitória na competição, a Ponte se preocupa em não perder os quatro pontos conquistados até aqui. A presença de Parreira, técnico da Seleção Brasileira, que vai observar o meia Alex e o lateral Maurinho, será uma atração extra para a Raposa.

O drama da Ponte Preta começou com a escalação nas duas primeiras rodadas do volante Roberto, que estava suspenso por dois jogos pela expulsão no último jogo do Brasileiro de 2002, contra o Fluminense. O caso foi levantado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e os pontos ganhos contra Juventude e Internacional estão a perigo.

O Internacional já recorreu ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) da CBF, que julgará o caso no dia 15. O time gaúcho poderá ser declarado o vencedor da partida, e ganhar três pontos. O mesmo vale para o Juventude, derrotado por 1 x 0 no domingo. O departamento jurídico da Ponte já admitiu o erro e tentará converter a pena em multa.

Por seu lado, o Cruzeiro volta ao Mineirão embalado pela vitória de 4 x 2 sobre o São Paulo, no Morumbi, e para chegar ao 25º jogo invicto - o time não perde desde os 3 x 1 para o Coritiba, em 30 de outubro de 2002. Para apimentar o confronto, a Raposa entrará em campo mais do que nunca com laços estreitos com o rival da Macaca, o Guarani.

Grato pelas negociações com o Guarani no início do ano para contratar o volante Martinez e o zagueiro Edu Dracena, o Cruzeiro anunciou o empréstimo do lateral-direito Ruy para o Guarani. Os ex-bugrinos, que participaram da fase final dos 15 anos de invencibilidade no derbi, levarão para campo uma herança da rivalidade cultivada desde a adolescência.

O confronto Cruzeiro x Ponte apresenta apenas sete jogos na história, sempre válidos por competições nacionais, desde a Taça de Prata de 1970. Naquele ano, a equipe de Tostão e Dirceu Lopes venceu por 6 x 0, em Belo Horizonte, onde a Macaca nunca venceu. Em sete jogos, a Raposa ganhou três, empatou três e perdeu apenas uma, no Brasileiro 2002, por 2 x 0, em Campinas.

O técnico Wanderley Luxemburgo tem dois problemas para definir a equipe que enfrenta a Ponte Preta. Gomes e Thiago se recuperam de contusões, e têm escalação incerta. O zagueiro sofreu uma torção no tornozelo esquerdo no treino de terça-feira, enquanto o zagueiro sente dor muscular na panturrilha esquerda desde o jogo contra o São Paulo.

Caso Gomes não jogue, Artur, contratado em janeiro junto ao Paulista de Jundiaí, deverá fazer sua estréia em jogos oficiais pelo Cruzeiro. Assim André, recuperado de cirurgia no joelho esquerdo, voltaria a ser relacionado para uma partida. Disputam a vaga de Thiago o zagueiro Irineu, se o esquema for o 3-5-2, ou o volante Márcio, no 4-4-2.

Além da apreensão pela possibilidade de ver o trabalho das duas primeiras rodadas perdido, o técnico Abel Braga terá desfalques. Apesar de o atacante Sérgio Alves estar recuperado de uma contratura muscular na coxa direita, o jogador não foi relacionado para a viagem a Belo Horizonte, uma vez que não participou de nenhum treino durante a semana.

Fabrício Carvalho será o substituto de Sérgio Alves. O caso Roberto terá reflexo na escalação da equipe. Abel ainda não sabe se escalará o jogador, ou terá que fazer cumprir os dois jogos da suspensão, pelo fato de a causa ainda não ter sido julgada no STJD. Ângelo é o favorito para entrar no meio-campo, armado com apenas um volante pelo treinador.

CRUZEIRO

Gomes (Artur), Luisão, Edu Dracena e Thiago (Márcio); Maurinho, Recife, Martinez, Alex e Leandro; Aristizábal e Deivid. Técnico: Wanderley Luxemburgo

PONTE PRETA

Alexandre Negri, Mantena, Gabriel, Rodrigo e Alan; Roberto (Ângelo), Luizinho Vieira, Vaguinho e Adrianinho; Jean e Fabrício Carvalho. Técnico: Abel Braga

Local: Mineirão

Horário: 17h

Juiz: Wagner Tardelli (RJ)



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




16:35 Indústria alimentícia corre atrás do público que prefere comida orgânica
16:27 Riva diz ter pago R$ 175 mi para parlamentares
16:26 Habemus Autoridade Nacional de Proteção de Dados
16:25 O amor constrói
16:24 Solução estrutural


16:24 Lei de abuso de autoridade é ato de abuso de poder parlamentar
16:23 Chico Buarque lança primeiro romance após o Prêmio Camões
16:23
16:22 Terror nacional, Morto não fala mostra Daniel de Oliveira ouvindo lamento de cadáveres
16:21 A vida invisível disputa Oscar com 92 filmes
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018