Segunda feira, 27 de junho de 2016 Edição nº 10501 22/12/2002  










Anterior | Índice | Próxima

Lugar acumula esqueletos, jacarés e urubus

Especial para o Diário

Percorrendo alguns quilômetros pelo leito quase seco do corixo Tuiuiú, fica bem visível o prejuízo já causado. “Pela quantidade de esqueletos encontrados e pelo número de jacarés e urubus que estão ali dentro, que comeram até se fartar, dá para imaginar que o volume de peixe que morreu era muito grande”, diz um dos pescadores com quinze anos de profissão.

Para ele, o interesse que motivou o fechamento é puramente comercial. “O campo seca mais cedo e assim a parte mais baixa fica liberada para o gado pastar”, revela. Outro pescador, na profissão há vinte anos, falou da importância do Tuiuiú. “No ano passado, durante dez dias seguidos subiu peixe pelo corixo”, conta, para emendar em seguida com um certa revolta: “Agora, com essa obra, grande parte dos peixes não vai voltar ao Pantanal. Aí eles vão culpar o pescador, vão dizer que o pescador acaba com o peixe, que destrói a natureza”.

Outro pescador cobrou providências do Ministério Público. “Temos que ver o que o Poder Público vai fazer. Viemos aqui e constatamos que realmente o corixo foi fechado, mas existe a denúncia de que os outros dois corixos serão fechados”, disse. (CM)

LEIA TAMBÉM

Fechamento de leito provoca mortes
Ibama classifica denúncia como ‘muito séria’
Lugar acumula esqueletos, jacarés e urubus
Fema afirma que não autorizou




Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




21:05 Sindicalistas vão aumentar pressão em deputados
21:05 Eder Moraes consegue nova liberdade no TRF em Brasília
21:05 Riva entrega a juíza anotações com pagamentos para deputados
21:05 Dinheiro de acusado é usado para pagar posse de Silval
21:04 Marcus Fabrício assume vaga de Pinheiro


21:04 Câmara se prepara para eleger presidente
21:04 Justiça anula sessão que aprovou RGA
20:59 Policial é alvo de sindicância
20:58 Assaltantes ficam atentos à desatenção das vítimas
20:58 Cartórios resolveram 15 mil casos
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2015