Quarta feira, 26 de novembro de 2014 Edição nº 10462 10/11/2002  










OLHOSAnterior | Índice | Próxima

Oftalmologistas aconselham compressa contra o terçol

Da Agência MedBr

Você já foi aconselhado a friccionar uma aliança na roupa e pressioná-la sobre o olho para acabar com aquela inflamação incômoda na pálpebra, o terçol? Este método caseiro de cura, conhecido como “simpatia da aliança”, é considerado anti-higiênico pelos oftalmologistas. Assim como outros métodos populares de levar um objeto aquecido ao olho inflamado, a “simpatia da aliança” funciona, mas deve ser substituído por uma simples compressa de água morna.

O terçol, ou hordéolo, é um abscesso (acúmulo de pus) causado por infecção aguda nas glândulas sebáceas, produtoras de gordura, existentes nas pálpebras. O agente causador é geralmente a bactéria estafilococos. O terçol pode ser externo ou interno e ocorrer na pálpebra superior ou inferior.

“O terçol é a mais freqüente e conhecida afecção das glândulas localizadas nas pálpebras. Ele se apresenta como um pequeno nódulo doloroso com vermelhidão e inchaço da pálpebra. Muitas vezes, também há oleosidade excessiva no local”, afirma a oftalmologista Maria Aparecida Spizzirri.

Segundo ela, o terçol pode eliminar o pus espontaneamente em um período de três a cinco dias. Para aliviar o desconforto, a pessoa pode fazer um autocuidado em casa. O tratamento consiste no uso de compressas úmidas e mornas (por 10 minutos, de três a quatro vezes ao dia). O processo inflamatório regride, pois o calor atrai mais sangue para a área, que absorve o nódulo e drena o abscesso. Caso o terçol não desapareça nesse período, um oftalmologista deve ser procurado. Pode ser necessário o uso de medicamentos oftalmológicos, tais como pomada e colírio. A receita popular da aliança quente pode curar o terçol, já que o calor age exatamente como na compressa morna. Porém, o tratamento com a compressa é o mais indicado no autocuidado devido à higiene.

O terçol, de acordo com Maria Aparecida, deve ser diferenciado do cisto calázio, que é um nódulo não doloroso, firme, causado por inflamação crônica nas glândulas sebáceas por acúmulo de secreção. Quando a gordura é retida, inflama-se e dá origem ao cisto. O calázio causa apenas transtorno estético e freqüentemente necessita ser retirado por cirurgia.



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· Gostei muito das dicas estou com treçol   - Abilene
· Ola.... Gostei muito das dicas que fora  - Aylla Cristina

12:49 Procon orienta consumidores sobre cuidados em compras na Black Friday
12:36 Competições finais do Campeonato Pixote são alteradas
12:22 Secretaria realiza reunião com diretores para prestação de contas das ações
12:09 Rede de Controle cobra transparência na escolha de novos conselheiros do TCE
11:57 Deputado Nilson Leitão indica homenageados para o prêmio CINDRA


11:44 Ezequiel Fonseca parabeniza TCE pela realização de Fórum da Saúde
11:31 Auditoria do TCE-MT aponta que 70% dos municípios possuem controle
11:18 Mauro Mendes participa de debate sobre eficiência na gestão da saúde
11:05 CNI realiza projeto piloto de atendimento consultivo na Fiemt
10:52 Diamantino participa da CIB e ganha destaque na revista Mais Social
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2012