Quarta feira, 22 de maio de 2019 Edição nº 10285 08/05/2002  










VÔLEIAnterior | Índice | Próxima

BCN/Osasco ganha o reforço da levantadora Fernanda Venturini

Da Agência Folha – São Paulo

A levantadora Fernanda Venturini foi apresentada ontem como o novo e grande reforço do BCN/Osasco, atual campeão paulista e vice da Superliga de vôlei, prometendo levar a equipe ao inédito título nacional.

Uma das melhores jogadoras do país, Fernanda Venturini, mulher do técnico da seleção brasileira masculina de vôlei, Bernardinho, teve a companhia de sua filha, Júlia, durante a apresentação em São Paulo.

Após um ano sem jogar [defendeu o Vasco em 2000/2001], período em que curtiu a gravidez e o nascimento de sua filha, ela está pronta para retornar ao esporte.

Ela já iniciou uma programação de preparação física, no Rio, e, em setembro, junta-se às outras atletas do clube. “Volto feliz e muito motivada para o vôlei", disse a levantadora.

Seu grande objetivo é conquistar novamente o título brasileiro [tem nove conquistas na carreira] e ajudar o BCN a vencer a Superliga pela primeira vez na história.

“Gosto de desafios, de coisas novas e estou feliz por jogar pela primeira vez ao lado do técnico José Roberto Guimarães, num esquema profissional e que tem um projeto social importante de formação de atletas."

Com 63,5 quilos (2,5 a menos do que quando parou de jogar), Fernanda quer curtir mais um pouco a filha. Em sua mudança do Rio para São Paulo, contará com a ajuda de uma enfermeira.

A princípio, Fernanda fica no BCN até abril. Zé Roberto, porém, quer contar com ela por mais tempo. “A Fernanda é a jogadora que faltava ao nosso grupo", disse o treinador.

“É uma atleta vencedora, que virá compor a equipe, certamente, com muita competência. O BCN está prestando um grande serviço ao vôlei brasileiro com o resgate dessa jogadora tão importante", disse Zé Roberto.

O currículo de Fernanda comprova a opinião de Zé Roberto, que renovou contrato com o BCN pela segunda temporada consecutiva. Afinal, aos 31 anos, a atleta soma nada menos do que nove títulos brasileiros.

Desde de sua iniciação no esporte, em 1984, na Recreativa de Ribeirão Preto, a jogadora, nascida no dia 24 de outubro de 1970, em Araraquara, esteve à frente de grandes equipes, sempre brigando pelo primeiro lugar.

Fernanda Venturini defendeu a seleção brasileira por mais de dez anos, entre 1987 e 1998. Neste período, ganhou o bicampeonato mundial juvenil, prata no Mundial de 1994 e bronze na Olimpíada de Atlanta-96.

O gerente de Esportes do BCN, Sérgio Negrão, acha que a contratação de Fernanda vai motivar bastante as crianças dos núcleos de formação.

“Ela será um espelho importante e, sem dúvida, um grande fator motivacional para as 3.400 crianças que treinam nos núcleos de formação tanto de vôlei como de basquete."



Anterior | Índice | Próxima

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto




19:44 Taques diz que deseja depor no caso dos grampos
19:44 BOA DISSONANTE
19:43 Populismo não é ameaça
19:43 Um novo dia, de um novo tempo!
19:43 Proporcionar crescimento ao país


19:42 O preço da incerteza
19:42 Reflexões da vida
19:41 Filme francês com romance lésbico volta a chamar a atenção na disputa
19:41
19:40 Filme do brasileiro Karim Aïnouz martela as várias facetas do machismo em Cannes
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018