NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quinta-feira, 01 de Outubro de 2020
CUIABÁ URGENTE
Terça-feira, 30 de Junho de 2020, 15h:12

"LINHA VERMELHA"

Sanção chinesa a frigoríficos pode ser retaliação, diz revista

Da Redação

Divulgação

Carne Frigorificos

A suspensão da compra de carne pode ser uma retaliação ao Governo Bolsonaro

A revista eletrônica Crusoé informa que a sanção da China a quatro frigoríficos brasileiros – dois deles de Mato Grosso -, por medo da contaminação pela Covid-19, pode ser, na verdade, uma retaliação ao chanceler Ernesto Araújo.

A avaliação é do presidente das Frentes Parlamentares Brasil-China e Brasil-Brics, deputado Fausto Pinato (PP-SP).

Ele lembra que, nos bastidores, o Itamaraty defende posição de veto à Huawei no 5G, cruzando o que o agronegócio considera uma “linha vermelha”.

“É difícil confirmar que se trata de uma retaliação ao Itamaraty, mas isso não é impossível”, disse o parlamentar à revista.

“Diante da postura de membros do Governo e de familiares do presidente, essa hipótese não pode ser descartada”, completou.

A China suspendeu a compra de carnes dos abatedouros da Marfrig, em Várzea Grande (área metropolitana de Cuiabá), e da Arga, em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá). Leia mais AQUI.


1 COMENTÁRIO:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

Elizane Barbosa Cavalcante  01-07-2020 10:30:26
Infelizmente, se for retaliação, se deverá a esse alinhamento automático desses filhos mimados, desses bolsonaristas e a essa política externa aos EUA. Esqueceram que a China é nosso maior parceiro comercial.

Responder

1
0



ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL