NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 20 de Outubro de 2020
CUIABÁ URGENTE
Terça-feira, 29 de Setembro de 2020, 13h:20

CANDIDATO AO SENADO

Medeiros confunde PF com polícia política para defender Bolsonaro

Da Redação

Divulgação

José Medeiros e Bolsonaro

Medeiros sugere acionar até a PF contra colegas de Câmara, jornalistas e youtubers, quando se trata de defender Jair Bolsonaro

O deputado federal José Medeiros (Podemos) acha que a PF é uma espécie de polícia política.

E, como tal, tem que ser acionada sempre que algum opositor – ou mesmo quem não tenha atividade política – se manifestar publicamente contra Jair Bolsonaro.

O site O Antagonista lembrou que Medeiros, em 1º de junho deste ano, enviou novos pedidos de investigação ao procurador-geral de Justiça, Augusto Aras, e ao ministro da Justiça, André Mendonça, para se investigar deputados, jornalistas e yutoubers.

Os alvos de Medeiros são Guilherme Boulos (PSol), o jornalista Ricardo Noblat, o deputado Túlio Gadêlha, o youtuber Felipe Neto e os deputados Glauber Braga e Sâmia Bonfim, ambos do PSol.

Ele quer que a PF investigue as atividades desse pessoal nas redes sociais.

O deputado mato-grossense anda invocado, até hoje, com uma manifestação, na Avenida Paulista, do grupo denominado “Antifa” (Antifacistas)

Medeiros tachou o grupo de violento. Em defesa de Bolsonaro, ele começa a dar caneladas na democracia.

E o Ministério da Justiça aproveita a deixa para colocar a PF na cola desse pessoal.

Leia mais AQUI.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL