NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 28 de Setembro de 2020
CUIABÁ URGENTE
Domingo, 09 de Agosto de 2020, 08h:45

MAIS DE 100 MIL MORTES

Em defesa do presidente, deputado minimiza a tragédia da Covid-19

Da Redação

Reprodução

Medeiros e JB 1

Medeiros não mede esforços para defender Bolsonaro: até minimiza a tragédia da Covid-19

Pré-candidato a senador em Mato Grosso, na eleição suplementar em 15 de novembro, o deputado federal José Medeiros está em franca campanha.

Um dos seus alvos é o governador Mauro Mendes (DEM), que é acusado de se omitir nas ações de combate ao coronavírus no Estado.

Dono do Podemos no Estado, Medeiros faz sua campanha com base nas bandeiras empunhadas pelo presidente Jair Bolsonaro.

Como, por exemplo, criticar a mídia - especialmente a Rede Globo -, defender o uso na cloroquina como pancéia no combate à Covid-19, combater o isolamento social e detonar governador e prefeitos.

No Twitter, ele criticou a Globo por destacar a tragédia dos mais de 100 mil mortos pela doença. Para ele, a emissora "não respeitou a dor das famílias".

Acha que os apresentadores do Jornal Nacional fazem encenação, "usando a tragédia para criticar o presidente".

O deputado mato-grossense, no afã de defender Bolsonaro, passa a impressão de que deve-se, sim, minimizar a tragédia, que, em grande parte, ocorre pela omissão do presidente.

Confira o post de Medeiros no Twitter:

Reprodução/Twitter

Medeiros - Covid

 


3 COMENTÁRIOS:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

Irzair Ciro Correa   09-08-2020 18:41:39
Infelizmente não é possível esperar outra coisa dessa pessoa, exceto a defesa cega do seu ídolo. Como religioso se diz defensor do direito à vida, mas pelo ídolo se cala diante da morte da mais 100 mil e faz pior ainda, não demonstra condolências e respeito a milhares de famílias tocadas pela dor. Não me representa.

Responder

0
0
Francisco Trigueiro  09-08-2020 11:31:46
Essas pessoas que defendem um governo genocida, seja um deputado ou o seu vizinho ou até ou parente, serão marcadas para sempre por esse terrível período que o país passa em 2020. Pior de tudo, é que se a política do governo federal continuar dessa forma, esse número macabro de mais de 100 mil mortos não para por aí.

Responder

0
0
Everaldo  09-08-2020 10:31:01
Esse puxa saco não tem limite. O que esse calhorda fez pra honrar o voto que recebeu. Cara voce é deputado do Brasil, não desse Presidente Genocida. Ele é responsável sim por essas 100 mil mortes. Líder que se nega a liderar é um Covarde.

Responder

0
0



ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL