NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 27 de Fevereiro de 2021
CUIABÁ URGENTE
Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2021, 08h:53

PANDEMIA-ALERTA

Depois do Amazonas, MT é o estado em que a contaminação mais cresce

A crise vivida por Manaus expõe a complexidade dos sistemas de saúde e dispara um sinal de alerta para Estados que registram ritmo de transmissão elevado do vírus e números da doença acelerando rapidamente nas últimas semanas, alertam especialistas. Depois do Amazonas, o segundo estado com maior índice de infeção é Mato Grosso.        

Até sábado, em 21 dos 26 Estados brasileiros e no Distrito Federal, o número efetivo de reprodução (Rt) da covid-19 estava acima de 1, sinalizando expansão da doença, de acordo com a ferramenta Covid Analytics, criada por professores da PUC-Rio.            

O indicador estima quantas pessoas, em média, alguém infectado contamina. Os Estados com Rt elevado devem enfrentar ritmo de contágio mais rápido nas próximas semanas, indicam especialistas.          

Com hospitais em calamidade por falta de oxigênio, o Amazonas tem o maior Rt (1,6). A ocupação dos leitos superava 90% para Unidades de Terapida Intensiva (UTIs) de covid-19 até o dia 15, último dado da Secretaria de Saúde.    

Em Mato Grosso, que tem o segundo maior Rt (1,35), a taxa média de ocupação das UTIs da rede estadual estava em 70,84% ontem, muito acima dos 50,87% de 1º de janeiro. Em nove das vinte unidades com leitos de UTI, a taxa de ocupação está em 90% ou mais - em quatro hospitais, é de 100%.            


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Qual o melhor modal de transporte público para Cuiabá e VG?
Prefiro o VLT
O BRT é melhor
Nenhum dos dois
Deveriam melhorar o atual sistema de ônibus
PARCIAL