Domingo, 21 de abril de 2019










Data:17/09/2007 15:57
Nome:Lucelio Costa
Email:luceliocg@hotmail.com
Profissão:autônomo
Localidade:Cuiabá/MT

Conheci e vi pessoalmente esta figura folclórica nos anos 70 em cuiabá. Era sim um mendigo, andava pelo centyro de cidade maltrapilho, sujo e sempre carregando uma baolsa de compra feita de lona, muito usada para se ir ao mercado. Levava também consigo um guarda-chuva ou para-sol como queiram, e sempre , sempre descalso, sua calças era bem curtas, parecia que ele as enrolavam na cintura, logo, as bôcas da calça estavam na linha de suas canelas, barrigudo mais pra rechonxudo, tinha o hábito de falar sozinho e quando lhe pediam ele dançava um rasqueado. Era muito tímido não encarava ninguém, sempre de cabeça baixa olhando pro chão.

Os jovens daquela época, zombavam muito dele, sem que lhe fizessem qualquer tipo de agressão. Lembro-me ainda, que ele andava saltitando, seua passos eram como se estivesse caminhando sobre ovos, com muito cuidado e sem fazer barulho. Figura típica que deixou marcas em Cuiabá.

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· Meus parabéns! Belissimo trabalho pelo v  - Adriano
· Conheci e vi pessoalmente esta figura fo  - Lucelio Costa
· Parabéns filha!!!!!!!! EMOÇÃO!!!!!! A   - nelita ramos




20:14 A reforma da Previdência
20:13 Benefícios fiscais: concessão e requisitos
20:11 Quadro de instabilidade
20:10
20:06 Miss Brasil pode não ser realizado em 2020 por falta de acordo entre Polishop e Band


20:06 Segunda temporada da série de comédia "Samantha!", com Emanuelle Araújo, chega hoje à Netflix
20:05 Maisa estreia talk show inspirada em Hebe
20:05 Programa Mais Você estreia nova competição culinária com amadores copiando chefs famosos
20:04 Tributo ao Rei: Nando Reis lança disco que recupera músicas menos conhecidas de Roberto Carlos
20:03 Ministro chama de mordaça censura a sites
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018