Segunda feira, 27 de janeiro de 2020










Data:05/06/2006 08:44
Nome:Tadeu Silva
Email:tadeu-silva@pop.com.br
Profissão:historiador
Localidade:Cuiabá/MT

É a velha história do velho latifúndio que concentra renda e distribui miséria. O capitalismo internacional e seus beneficiários incentivam a permanência do desarranjo fundiário nos países periféricos o que lhes retira a capacidade de desenvolvimento sustentado, eternizando sua dependência, ancorada na respectiva elite nacional entreguista. A posição das lideranças populares, obviamente, é defender as populações e passa, evidentemente, por atacar esse nó que estrangula sua autonomia. É a política rechaçada pela elite financeira que só aceita as regras democráticas quando está levando vantagem, mesmo que as custas da pobreza geral. Esse papo de geração de empregos é balela. Veja aqui mesmo, na crise do agronegócio. Fizeram e aconteceram com poder superlativo. Se índios e sem-terra fizesse 1/5 do bloqueio entrariam na porrada da polícia. O governador agiu com pusilanimidade e prevaricou? Ou ele exagera na repressão aos movimentos populares? Sociedade de classes é isso aí. Vamos, os da classe baixa, financiar as camionetes e a emergência da Turma da Botina (a classe de cima) que se entesourou, concentrando privadamente a renda, e agora recebe socorro público. Sem contar as políticas oficiais que construíram o despautério fundiário e detonou com a população tradicional, jogada nas periferias para favorecimento de gaúchos e paranaenses principalmente.

Comentários Deixe aqui sua opinião sobre esse assunto

· É a velha história do velho latifúndio q  - Tadeu Silva




17:55 Mauro manda Procon fiscalizar postos
17:51 O fim da piracema
17:46 Diferença entre ser de direita ou esquerda
17:45 Tragédias da impunidade
17:44 Bebida na Arena


17:41 Conselho da Amazônia
17:40 Com shows nacionais e regionais, Prefeitura realiza quatro dias de folia de carnaval
17:40
17:39 Sérgio Augusto faz um guia nostálgico sobre o cinema
17:38 Grammy homenageia João Gilberto e Beth Carvalho durante a cerimônia
Cuiabá
Min: 18°
Max: 36°

TOPO | PRIMEIRA PÁGINA | ÚLTIMAS NOTÍCIAS | POLÍTICA | ECONOMIA | CIDADES | POLÍCIA | ESPORTES
BRASIL | MUNDO | DC ILUSTRADO | CUIABÁ URGENTE | EDITORIAIS | ARTIGOS | AZUL | TEVÊ | E-MAIL
Diário de Cuiabá © 2018