NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 12 de Abril de 2021
CIDADES
Terça-feira, 02 de Março de 2021, 18h:00

RESTRIÇÕES NA CAPITAL

Toque de recolher em Cuiabá inicia às 23h; veja horário do comércio

Prefeito flexibiliza decreto do Governo do Estado e afirma que lockdown na Capital não é necessário

Da Redação
Secom-Cuiabá
Emanuel anuncia novas medidas para conter avanço da Covid e reafirma que lockdown não é necessário

A partir esta quarta-feira (3), começa a valer em Cuiabá o toque de recolher entre 23 e 5h; e o funcionamento do comércio será, de segunda a sábado, das 8 às 18h, com mudaças em alguns segmentos econômicos.

As medidas foram anunciadas, na tarde desta terça-feira (2), pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), em uma live nas redes sociais, no contexto de um pacote para tentar conter o avanço da pandemia da Covid-19 na capital mato-grossense.

Ele explicou que a decisão visa ao equilíbrio entre os cuidados com a pandemia, para reduzir os casos e mortes pela Covid-19, e a manutenção da atividades econômicas.

“O setor produtivo está no limite. Ainda não se recuperou da primeira onda da pandemia, ainda no ano passado”, afirmou.

Para o prefeito, "uma crise em cima de outra crise provoca crise econômica, financeira, psicológica”.

Lembrou ainda que o STF já decidiu que as medidas sanitárias no âmbito municipal são de competência da Prefeitura.

Emanuel Pinheiro decidiu adotar medidas diferentes das anunciadas pelo Governo e que também começam a valer nesta quarta-feira: toque de recolher das 21 à 5h e funcionamento do comércio das 8 às 19h, em todo o Estado.

As medidas anunciadas em Cuiabá terão validade até 18 de março.

Durante o toque de recolher, fica proibida a circulação de pessoas na Capital, exceto daquelas que desempenham serviços essenciais.

O comércio em geral  (varejista, atacadista e shopping popular) poderá funcionar de segunda a sábado, das 8h às 18h. 

Os shoppings centers podem abrir todos os dias, das 10h às 22h.

Já os prestadores de serviço poderão funcionar das 8h às 18h, também de segunda a sábado.

Bares e restaurantes poderão funcionar de segunda a domingo, das 11h às 22h.

As lanchonetes e padarias, entre às 6h e 19h. As academias de ginástica, das 6 às 22h, de segunda a sábado.

As distribuidoras de bebidas funcionarão das 10h às 22h, vedado o consumo no local.

Casas noturnas e boates não poderão funcionar durante a vigência do decreto.

O prefeito encaminhou à Câmara Municipal um projeto de lei, que prevê multa de até R$ 60 mil para quem desobedecer às medidas de biossegurança. 

Entenda como será o funcionamento no comércio na Capital, até o dia 18 deste mês:

Comércio em geral, varejista, atacadista e shopping popular - segunda a sábado, das 8 às 18h

Supermercado e congêneres – segunda a domingo, das 6 às 22h

Prestadores de serviço em geral – das 8 às 18h

Distribuidora de bebidas – segunda a domingo, das 10 às 22h, sendo vedado consumo no local

Conveniência em postos – das 10 às 22h, permitindo consumo sentado

Academias – segunda a sábado, das 6h às 22h

Shopping center – da 10 às 22h, de segunda a domingo

Bares e restaurantes – das 11 às 22h, de segunda a domingo

Lanchonetes e padarias – das 6 às 19h, de segunda a domingo

Clubes de lazer – da 6 às 22h, vedada a prática coletiva que fomentem aglomeração


1 COMENTÁRIO:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

Keller   03-03-2021 08:08:03
E quanto à transporte público? Houve alguma alteração? Porque diminuir a frota causa aglomeração nos pontos e lotação.

Responder

1
0



ENQUETE
Você é a favor das medidas restritivas contra a Covid em MT?
Sim
Não
Em parte
As medidas deveriam ser mais duras
PARCIAL