NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 26 de Setembro de 2020
CIDADES
Segunda-feira, 23 de Março de 2020, 13h:09

INFLUENZA

Prefeitura suspende a vacinação contra gripe em Cuiabá

Os novos lotes estarão disponíveis para os postos de saúde na sexta-feira,27

Da Redação
Divulgação
As mudanças realizadas são em relação ao Dia D e à terceira fase da vacinação

A Prefeitura de Cuiabá informou que a campanha de vacinação contra gripe, que começou nesta segunda-feira (23), terá uma pausa e só retornará na sexta-feira (27).

O Ministério da Saúde repassou apenas 9,5 mil doses da 46 mil doses para idosos e 21 mil para os profissionais da Saúde que deveriam ser repassadas para Cuiabá.

De acordo com a responsável técnica pela imunização, Sandra Horn, a Secretaria de Saúde manteve o início da campanha sob a promessa de que mais doses chegariam hoje. Entretanto, a resposta do Ministério da Saúde é de que os novos lotes só chegam na quarta-feira (25). 

“Nós preparamos e capacitamos toda a equipe para darmos sequência na vacinação, mas o ministério informou que só enviará novas doses na quarta-feira. Dessa forma, faremos a distribuição para as unidades na quinta e, na sexta-feira, retornamos com a campanha”, explicou.

Ainda segundo ela, as doses recebidas já foram basicamente distribuídas em sua totalidade, sem aglomerações nos postos. 

“Capacitamos nossas equipes para evitar aglomerações em combate ao coronavírus. Dentre as medidas, optamos por iniciar a vacinação pelos acamados e idosos com maiores riscos em suas casas, e os demais que compareceram nas unidades receberam senhas”, disse

Ela lembrou que o Ministério da Saúde também emitiu nota técnica, nesta segunda-feira, solicitando a paralisação de outras imunizações do calendário vacinal - com prioridade para a primeira fase para a influenza. 

CAMPANHA - Neste ano, a campanha, que normalmente é realizada na primeira quinzena de abril, foi antecipada pelo Governo Federal como estratégia para diminuir a quantidade de pessoas gripadas e, com isso, ajudar no diagnóstico de possíveis casos de coronavírus. 

Ainda considerando esses cuidados, a vacinação será dividida em três fases: a 1ª. de 23/03 a 16/04, com a vacinação para os idosos (60 anos e mais), profissionais da Saúde pública e privada; a 2ª. de 16/04 a 09/05,  professores de escolas publicas e privadas, profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, crianças de seis meses a menores de 6 anos, gestantes e puérperas (mulheres de até 45 dias após o parto) e povos indígenas; e 3ª, de 9 a 22/05, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional e adultos de 55 a 59 anos.   

Em todo Brasil, foram disponibilizadas 75 milhões de doses, e o objetivo é atingir 90% de cada um dos grupos prioritários.

A vacina previne contra três tipos de influenza: influenza A H1N1, influenza A H3N2 e Influenza B.


1 COMENTÁRIO:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

Tomás Boaventura.  23-03-2020 14:48:33
Como ? Depois de, exaustivamente, anunciado, acontece isto ? Tem que haver um calendario e várias maneiras de vacinar, porque, com o atraso, vai haver grande aglomeração. Vejam isto.

Responder

0
0



ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL