NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 19 de Setembro de 2020
CIDADES
Quarta-feira, 05 de Agosto de 2020, 16h:18

GUERRA AO VÍRUS

Prefeitura de VG "ataca" Covid em bairros com maior índice

Trabalho é feito com base em levantamento da Secretaria de Saúde, em parceria com a UFMT

Da Redação
Secom-VG
A prefeita Lucimar Campos acompanhou pessoalmente os primeiros atendimentos e está cobrando de sua equipe resultados

O sucesso obtido em 16 dias de funcionamento das barreiras sanitárias, nas entradas de Várzea Grande, e que atendeu 34 mil pessoas, levou a Secretaria Municipal de Saúde a colocar em prática o Plano de Ação – Várzea Grande contra a Covid-19.

Trata-se de uma nova modalidade de atuação, que são os bloqueios por regiões ou bairros que apresentaram, conforme o 5º Informe Epidemiológico, publicado no site oficial do município (www.varzeagrande.mt.gov.br), a maior incidência de casos da coronavírus.

O Informe epidemiológico é feito pela Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande, em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), e está livre para consultas.

O documento apresentando dados estatístico da pandemia, sinalizando que as medidas adotadas surtiram os efeitos esperados, mas que se faz necessária a continuidade das ações, principalmente de distanciamento social, de meios de segurança como uso de máscaras e de higienização.

Nesta quarta-feira (5), começou efetivamente funcionar o Plano de Ação – Várzea Grande contra a Coid- 19.

Pela manhã, das 8 às 17h, uma equipe composta por agentes da Vigilância Sanitária, Guarda Municipal, Polícia Militar e funcionários das secretarias municipais de Governo e Saúde estiveram na Avenida Julião de Brito, em frente à antiga Policlínica, hoje Clínica de Atenção a Família, Dr. Lúcio Macedo, região do Grande Parque do Lago, realizando a blitz e abordando motoristas e pedestres, além de moradores convidados a serem atendidos com consultas médicas, exames e medicamentos.

Na sexta-feira (7) e sábado (8), a ação será realizada no bairro José Carlos Guimarães, também das 8 às 17h.

A prefeita Lucimar Sacre de Campos e o senador Jayme Campos acompanharam os primeiros atendimentos e reafirmaram a disposição da gestão em não deixar que falte atendimento médico, exames e medicamentos de espécie nenhuma para aqueles que necessitarem o Sistema Único de Saúde (SUS), que é gratuito e eficiente, bastando que todos cumpram seu papel.

“Estamos juntos, unidos buscando enfrentar um adversário que não escolhe cor, raça, religião, condição financeira e que já está próximo de 19 milhões de pessoas no mundo e de 700 mil óbitos. Portanto, os funcionários da saúde de uma maneira em geral e os gestores públicos tem que se redobrar junto com a população para buscar uma solução definitiva para a pandemia da Covid- 19”, disse Lucimar.

A prefeita acompanhou pessoalmente os primeiros atendimentos e está cobrando de sua equipe resultados que estão se traduzindo na recuperação na cura de mais de 80% do total de contaminados.

“Na abordagem conversamos com cada motorista, pedestre ou morados, verificamos a temperatura, fazemos uma entrevista, preenchemos um formulário, para podermos ter uma estatística ao final de todo dia. Os moradores são atendidos na unidade de saúde e os motoristas não precisam sair do veículo. A ação é similar ao serviço prestado nas barreiras sanitárias que realizamos nas entradas da cidade em julho. Caso a pessoa tenha algum sintoma encaminhamos imediatamente aqui para a Clínica de Atenção a Família, que dispõe de testes rápidos, serviço médico e vacinação para H1N1. Também abordamos os pedestres e orientamos sobre os cuidados que devem ser tomados para evitar o contágio da doença, como o uso de máscaras e higienização. Nosso objetivo não é somente de averiguarmos casos suspeitos, mas também fazer uma ação educativa levando orientação à população”, explicou o secretário de Governo e coordenador da Vigilância Sanitária em Várzea Grande, coronel Alessandro Ferreira da Silva.

INVESTIMENTOS EM SAÚDE – A prefeita Lucimar Sacre de Campos destacou novos investimentos na atenção básica do município.

“Conversei com os moradores que vieram a unidade de saúde ou foram abordadas nas ruas e constatamos que é necessária essa aproximação do Poder Público junto à sociedade nesse momento de pandemia. Muitos souberam da ação e vieram receber os serviços de saúde. Todos estão tendo a oportunidade de ter atendimento especializado, realizar testes, receber medicamentos em casos de positivação do resultado, além de estendermos a vacinação da H1N1", disse.

O senador Jayme Campos também sinalizou apoio total a todos os municípios de Mato Grosso para que não faltem recursos para se promover uma saúde de melhor qualidade.

“Já conseguimos liberar R$ 40 milhões para mais de 100 cidades levando em consideração a população de cada uma e estamos trabalhando para mais recursos junto ao Ministério da Saúde, pois os gestores municipais e o governador Mauro Mendes necessitam de recursos disponíveis para fazer o enfrentamento a pandemia.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL