NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 08 de Agosto de 2020
CIDADES
Sexta-feira, 10 de Julho de 2020, 21h:57

1.240 CASOS EM 24H

MT bate o recorde com 65 mortes pelo coronavírus em 24 horas

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados, há 240 internações em UTI e 366 em enfermaria

Da Redação
Divulgação
No total, a Capital tem 591 mortes causadas pela Covid-19

Mato Grosso bateu o recorde em mortes causadas pelo coronavírus: 65 mortes nas últimas 24 horas.

Também nas últimas 24 horas, surgiram 1.240 novas confirmações da doença no Estado

A Secretaria de Estado de Saúde notificou, até a noite desta sexta-feira (10), 27.636 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso.

Foram registrados 1.026 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. 

Nesta edição do boletim foi esclarecido que, em razão da atualização e migração do sistema, os números relativos aos casos em monitoramento e recuperados só serão atualizados a partir da próxima segunda-feira (13).

Portanto, até o restabelecimento do banco de dados, serão atualizados diariamente apenas o total de casos confirmados, óbitos, exames realizados e as taxas de ocupação. 

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (6.101), Rondonópolis (2.165), Várzea Grande (2.069), Sorriso (1.195), Lucas do Rio Verde (1.254),  Tangará da Serra (1.053), Primavera do Leste (1.033), Sinop (806), Nova Mutum (674), Pontes e Lacerda (650), Campo Verde (505), Cáceres (465), Colíder (402), Peixoto de Azevedo (364), Barra do Garças (360), Sapezal (353), Campo Novo do Parecis (351),  Querência (304), Confresa (350) e Matupá (274). 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 240 internações em UTI e 366 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 90,5% para UTIs e em 53,7% para enfermarias.

Um total de 28.275 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e, atualmente, restam 1.623 amostras em análise laboratorial.

 


1 COMENTÁRIO:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

Francisco Trigueiro  10-07-2020 23:11:34
Com um governo federal que desde o princípio minimizou e até debochou, dizendo que morreriam no máximo 800 pessoas (como se isso fosse pouco), não me surpreende esses números. É lamentável como se encontra hoje o Estado de Mato Grosso e o Brasil, e o pior de tudo é que não vejo perspectiva nenhuma de melhora. É desse cenário desolador, hoje, para uma catástrofe amanhã.

Responder

2
1



ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL