NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 27 de Janeiro de 2021
CIDADES
Terça-feira, 28 de Janeiro de 2020, 14h:54

ALTA COMPLEXIDADE

Metropolitano retoma cirurgia bariátrica e busca zerar fila

O Hospital Metropolitano, que fica no Bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, retomou as atividades de forma parcial, com a realização de cirurgias bariátricas. A garantia foi dada ontem (27), pela Secretaria de Estado de Saúde (Ses). Atualmente, 90 pacientes, que correspondem à lista dos meses de novembro, dezembro de 2019, e janeiro deste ano, aguardam para realizar o procedimento bariátrico.
A unidade é credenciada pelo Ministério da Saúde (MS) para prestação dos serviços de atendimento à pessoa com obesidade e atende aos 141 municípios de Mato Grosso. Os atendimentos estavam suspensos há três meses para obras de readequação e modernização da estrutura predial do hospital. Para a obra, o governo do Estado investiu cerca de R$ 1 milhão.
Durante as intervenções, o Metropolitano manteve a assistências ambulatoriais, mas agora retoma a capacidade de procedimentos cirúrgicos e deverá, em 30 dias, realizar um esforço concentrado em especialidades, como a cirurgia bariátrica; colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (CPRE) e cirurgia geral.
Apesar da reabertura dos serviços, outras etapas da obra de modernização continuarão sendo executadas na unidade de saúde, segundo a assessoria de imprensa da Ses. De acordo com a direção da unidade, atualmente, 90 pacientes, que correspondem à lista dos meses de novembro, dezembro de 2019 e janeiro deste ano, aguardam para realizar a cirurgia bariátrica.
Esse quantitativo foi gerado devido ao tempo em que o centro cirúrgico do hospital passou por readequações. O Hospital realiza até 30 cirurgias bariátricas mensais. O secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, visitou o hospital na manhã de domingo (26) para conferir o andamento da realização dos serviços de reforma. “Essa ação é parte do programa de modernização da infraestrutura da rede hospitalar do Governo do Estado. Estamos fazendo uma grande transformação no Hospital Regional Metropolitano, unidade que atende às demandas de todo o Estado, sobretudo da baixada cuiabana", disse.
Ainda, conforme a assessoria, as readequações abrangeram os espaços internos da recepção, setor administrativo, pronto-atendimento, ambulatório, centro cirúrgico, UTI, CME e enfermarias. As obras foram realizadas conforme normas vigentes do Ministério da Saúde e apontamentos de inspeções realizadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a fim de habilitar o hospital como referência na realização de cirurgia bariátrica.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Qual deve ser a prioridade do 2º mandato do prefeito Emanuel Pinheiro?
Melhorar o transporte coletivo
Tornar a Saúde Pública acessível a todos
Ampliar a Assistência Social
Educação para todos
PARCIAL