NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 06 de Julho de 2020
CIDADES
Quarta-feira, 01 de Julho de 2020, 00h:00

CONTRA COVID-19

Mais 40 leitos de UTIs devem ser abertos em Cuiabá

Da Reportagem

Com leitos em unidades de terapias intensiva com lotação máxima para tratamento da Covid-19 em todo o Estado, Cuiabá tem a expectativa abrir mais 40 UTIs no Hospital Municipal de Referência, o antigo pronto-socorro nos próximos dias. Dessa forma, a capital saltará dos 95 leitos atuais para 135 vagas para assistência aos pacientes. Os aparelhos já chegaram à capital do Estado para identificação patrimonial. Após, serão destinados à unidade de saúde.

Além disso, segundo a prefeitura, outros 10 respiradores serão encaminhados para fortalecer a estrutura das unidades de pronto-atendimento (UPAs) e policlínicas, atendendo pacientes moderados para impedir o agravamento dos quadros e internação em UTI. Na semana passada, o governo do Estado também encaminhou à gestão municipal dez respiradores, conforme acordado no início deste mês.

Na última segunda-feira (29), o prefeito Emanuel Pinheiro consegui para a capital mais 20 respiradores que serão destinados para o Hospital de Referência. Os equipamentos foram conquistados via interlocução do deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, no Ministério da Saúde. No início deste mês, o parlamentar já havia trazido para Cuiabá outros 20 respiradores, resultando agora em um total de 40.

"O deputado já tinha conseguido e entregue 20 respiradores para UTIs e, agora, está trazendo mais 20. Isso possibilitará que nossa Capital amplifique o atendimento para salvar vidas da população mato-grossense. Vinte leitos vamos entregar nessa semana, dependemos apenas da chegada das bombas de infusão. Os outro 20, também estarão em funcionamento o mais breve possível", disse Pinheiro.

Atualmente, os 95 leitos de UTIs para tratamento exclusivo de pacientes com Covid-19 estão distribuídos entre o Hospital de Referência (antigo Pronto Socorro) e Hospital São Benedito. No primeiro, foram instalados, até o momento, 55 leitos. Já no segundo, o número chega a 40. Os novos respiradores foram para o Centro de Distribuição do município, para ser patrimoniados, seguindo o protocolo de segurança.

"Sabemos que o sistema de saúde da Capital é o responsável por atender uma demanda que abrange todo estado de Mato Grosso. Por isso, buscamos dar nossa parcela de contribuição, principalmente em um momento que exige a união de todos. Nos colocamos à disposição para continuar ajudando a população naquilo que for necessário", disse o deputado federal Emanuel Pinheiro Neto, por meio da assessoria de imprensa.

O secretário municipal de Saúde Luiz Antônio Possas de Carvalho, destaca que, além das unidades de saúde terciária (Hospital de Referência e Hospital São Benedito, o Município também está se dedicando para equipar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e Policlínicas, que compõem a rede de saúde secundária. Segundo ele, com essa medida, é possível evitar que o estado de saúde dos pacientes se agrave na espera por uma UTI. "Com os equipamentos recebidos do Estado, vamos reforçar a atenção secundária, evitando que as pessoas sejam transferidas já em estado gravíssimo para as unidades terciárias. Com essa estabilização, já nas UPAs e policlínicas, talvez não seja necessário fazer a transferência para a UTI. Dá para reforçar o sistema imunológico da pessoa, melhorar a oxigenação e fazer com que o caso não progrida para a UTI", pontua Possas.

Até ontem pela manhã, Mato Grosso tinha 15.328 casos confirmados da Covid-19, sendo registrados 590 óbitos. Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (3.740), Várzea Grande (1.252), Rondonópolis (1.195), Sorriso (654), Primavera do Leste (606), Tangará da Serra (571), Lucas do Rio Verde (498), Nova Mutum (423), Sinop (392), Campo Verde (332), Pontes e Lacerda (315), Confresa (311), Cáceres (263), Barra do Garças (208), Campo Novo do Parecis (200), Colíder (181), Querência (177), Sapezal (169), Alta Floresta (152) e Nossa Senhora do Livramento (150).

Dos 15.328, 8.735 estavam em isolamento domiciliar e 5.419 recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 217 internações em UTI e 274 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 90,4% para UTIs e em 42,1% para enfermarias. Considerando o número total de casos, 50,8% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,2% masculino. Além disso, 4.160 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos.

 


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL