NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Quarta-feira, 02 de Dezembro de 2020
CIDADES
Sexta-feira, 23 de Outubro de 2020, 16h:45

EX-COMENDADOR

Justiça manda Arcanjo para regime aberto sem uso de tornozeleira

Ex-comendador terá que se recolher em sua casa, todos os dias, entre 23 e 6h. E terá que comprovar trabalho lícito

Da Redação
Divulgação
João Arcanjo Ribeiro, que controlou o jogo do bicho por muito tempo em Mato Grosso

Em decisão tomada nesta sexta-feira (23), o juiz Geraldo FidÉlis, da Vara de Execuções Penais de Cuiabá, concedeu ao ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro a progressão de regime, do semiaberto para o aberto. 

Com isso, ele não precisará mais utilizar tornozeleira eletrônica.

No entanto, terá que se recolher em sua casa, todos os dias, entre 23h e 6h do dia seguinte.

Também terá que comprovar trabalho lícito e endereço residencial.

O ex-comendador não poderá se ausentar de Cuiabá e Várzea Grande sem prévia autorização, além de não incorrer em novos crimes. 

O juiz Fidélis, na  decisão, observou que, caso Arcanjo descumpra qualquer umas das condições, sua prisão será decretada pela Justiça. 

O magistrado também determinou que o ex-bicheiro pague a pena de multa e custas processuais, no prazo de 10 dias.

O valor não foi informado. 

CRIME ORGANIZADO - Nas décadas de 1980 e 1990, João Arcanjo chegou a ser considerado chefe do crime organizado em Mato Grosso.

Ele foi condenado por vários crimes, de assassinatos a lavagem de dinheiro e contrabando. 

O ex-bicheiro ficou 15 anos preso e foi libertado em fevereiro de 2018. 

A progressão da pena leva em conta uma decisão do Tribunal de Justiça, que, em 2019, anulou o júri que condenou Arcanjo a 44 anos e dois meses de prisão.

Ele era acusado da morte do empresário Rivelino Brunini e de seu amigo Fauze Rachid Jaudy e pela tentativa de assassinato contra Gisleno Fernandes. 

Um novo cálculo foi feito e, conforme o juiz, o ex-comendador "atingiu o lapso temporal necessário à progressão regimental em 16/11/2014". 


2 COMENTÁRIOS:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

reges Stwart  24-10-2020 06:55:57
A justica de Mato Grosso e de faz de conta, nao trabalha so atrapalho. E pior justica menio de recado, a forca policial trabalhou colocar este verme na cadeia, O imprestavel Juiz coloca enm liberdade. Para o conhece esse verme Arcanjo, ele pagava despesa de festa de Desembarcador em Mato Grosso., da passagem aerias para familia desembarcador e Juizes. justica Mafiosa.

Responder

3
0
Solange  23-10-2020 17:47:24
Glória a Deus

Responder

2
1



ENQUETE
Você acha que o Cuiabá Esporte Clube tem chance de acesso à Série A do Brasileirão?
Sim
Não
Ainda falta estrutura
Precisa investir no elenco
PARCIAL