NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 04 de Agosto de 2020
CIDADES
Sábado, 04 de Julho de 2020, 15h:00

NA PENITENCIÁRIA CENTRAL

Juiz identifica 600 presos com suspeita de coronavírus

Hospital Universitário Júlio Muller terá que fazer a testagem em massa para os presos da PCE

Da Redação
Divulgação
Desde o início da pandemia até agora, nenhum recuperando da PCE precisou ser hospitalizado

Dos 2,3 mil presos detidos na Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá, 600 apresentam sintomas da Covid-19, segundo o juiz da 2ª Vara Criminal de Cuiabá, Geraldo Fidélis Neto.

A Defensoria Pública de Mato Grosso conseguiu decisão do magistrado, no dia 19, determinando que o Hospital Universitário Júlio Muller apresentasse, em três dias, o melhor método de testagem em massa para os presos. Mas, até o momento, a medida não foi adotada.

Fidélis informou, em decisão, que tomou conhecimento do número de presos sintomáticos dentro da PCE pelo setor de saúde do sistema prisional.

E, diante da informação, determinou ao secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, que convoque os profissionais de saúde do sistema para que estejam de prontidão, caso tenham que atuar em situação de emergência.

Ele determinou que os secretários de saúde do Estado e dos municípios de Cuiabá e Várzea Grande reestruturem pontos de atenção secundária à saúde dos presos, dentro do presídio, que medicamentos “profiláticos” sejam adquiridos e ministrados a todos eles e que não seja negado atendimento aos presos diagnosticados com Covid-19, no sistema básico de saúde, de ambos os municípios.

Fidélis pediu que seja apresentado um fluxo de atendimento, conduzido pela Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (Saap), com participação das secretarias de Saúde Estadual e dos municípios de Cuiabá e Várzea Grande, com indicação precisa das ações tomadas e plano de trabalho dos profissionais da saúde na PCE e demais unidades de Cuiabá, no prazo de 24 horas.

O coordenador do Grupo de Atuação Estratégica do Sistema Prisional da DPMT e coordenador do Núcleo de Execução Penal de Cuiabá (NEP), André Rossignolo, lembrou que a situação do sistema prisional em Mato Grosso é preocupante, desde o início da pandemia.

“A PCE tem capacidade para 851 presos e hoje estão lá 2.300. Na ocasião do pedido de testagem, cobramos a urgência em se tomar providências e que os testes poderiam auxiliar na triagem. Lembramos que a demora do Estado em agir poderia significar problemas graves", disse.

A PCE está localizada no bairro Pascoal Ramos, às margem da BR-364, na Capital.


1 COMENTÁRIO:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

XÔMano  05-07-2020 13:08:20
ACREDITO QUE MUITOS BANDIDOS QUE ESTÃO ATRAS DAS GRADES AGORA SERÃO CONDENADOS ......

Responder

0
0



ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL