NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 20 de Outubro de 2020
CIDADES
Sábado, 19 de Setembro de 2020, 00h:00

RODOVIA TRANSPANTANEIRA

Dez pontes queimadas por incêndios serão substituídas por concreto

Da Reportagem

Pontes de madeira localizadas ao longo da Rodovia Transpantaneira (MT-060), em Poconé (110 quilômetros de Cuiabá), serão substituídas por estruturas de concreto. A troca alcançará 10 passagens, que foram queimadas nos incêndios que atingiram a região do Pantanal e outras duas com estrutura bastante prejudicada. Ao todo, 12 pontes serão reconstruídas na região.

De acordo com a assessoria de imprensa da Sinfra, os projetos estão em fase de elaboração pela equipe técnica da secretaria para que sejam executados após contratação, que será realizada com maior urgência possível. “Essas pontes de madeira que foram queimadas e outras que estão com sérios problemas estruturais serão substituídas por pontes de concreto pré-moldado, restituindo a trafegabilidade dessa rodovia. Como após o período da estiagem teremos o período das chuvas, a execução dessas pontes já estará bem adiantada”, esclareceu o secretário de Infraestrutura e Logística (Sinfra), Marcelo de Oliveira.

Oliveira explicou que assim que foram registrados os primeiros grandes focos de incêndios florestais na região, a equipe do órgão estadual percorreu toda a extensão da rodovia, que corta o Pantanal e leva ao Parque Encontro das Águas, e fez a vistoria de todas as 120 pontes construídas na rodovia, das quais 83 são feitas de madeira.

Em cada uma das estruturas de madeira, que apresentavam vegetação seca e que poderiam servir de combustível para as chamas, foram feitos os serviços de aceiros, ou seja, a retirada de toda a vegetação seca do solo ao redor, que impede a passagem do fogo pela área de vegetação que margeia as pontes e, por consequência, protege as estruturas de madeira e evita a propagação dos incêndios para outros locais. “Os serviços de aceiros foram iniciados tão logo a Sinfra foi notificada da propagação do fogo no Pantanal. Como existem várias pontes de madeira, não houve tempo hábil para realizar a limpeza da vegetação seca de todas as pontes ao mesmo tempo”, disso.

A Sinfra reforçou que uma força-tarefa de diversos órgãos que atua no combate aos incêndios florestais pela operação “Pantanal II” também está atuando para proteção das pontes, com um trator especializado para retirar vegetação das proximidades das pontes, além de maquinários disponibilizados por fazendeiros da região como caminhões pipas e tratores.

Com a estiagem, foi possível providenciar atalhos para travessia de veículos nos locais danificados pelo fogo e impedir que regiões não fiquem isoladas, sem acesso terrestre. Para o combate aos incêndios que atingem os biomas mato-grossenses, o Estado já investiu mais de R$ 22 milhões em recursos próprios, contando com 40 equipes, seis aeronaves, três helicópteros e mais de 2500 profissionais, desde bombeiros, voluntários, integrantes da Defesa Civil e do Exército.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL