NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 04 de Agosto de 2020
CIDADES
Segunda-feira, 13 de Julho de 2020, 08h:40

RISCO PARA COVID-19

Cuiabá entre as 5 capitais com casos de diabetes e hipertensão

Percentual da população na faixa etária com hipertensão arterial é de 59,1%; incidência de diabetes é de 23,1%

JOANICE DE DEUS
Da Reportagem
Divulgação
Na capital mato-grossense, a incidência de diabetes mellitus é de 23,1%

Idosos e pessoas com comorbidades, especialmente diabetes mellitus (DM) e hipertensão arterial (HA), se destacam como o grupo de maior risco de apresentar complicações em decorrência da Covid-19, atualmente a maior emergência pública mundial, com enormes impactos na saúde física, mental e social dos indivíduos, no sistema de saúde e na economia das famílias.

E Cuiabá está entre as cinco capitais brasileiras que apresentaram as maiores prevalências para as duas doenças.

Pelo menos é o que mostra pesquisa sobre o “perfil de indivíduos com 60 anos ou mais de idade que referiram ter diabetes ou hipertensão nas capitais brasileiras: um grupo de risco à Covid-19”, divulgada na sexta-feira (10), pelo Ministério da Saúde.

A intenção é de que o conhecimento desse perfil subsidie os gestores no processo de decisão e planejamento de ações de prevenção e atenção mais efetivas.

Em Cuiabá, o percentual da população na faixa etária com hipertensão arterial é de 59,1%.

Outras duas capitais com maiores incidências de HA se localizam na região nordeste (Maceió e Recife), uma na região norte (Palmas) e uma na região sudeste (Belo Horizonte).

No Centro-Oeste, Campo Grande registra 56,6%, Goiânia 58,2% e o Distrito Federal 56%.

Entre as cinco com as menores prevalências de HA, duas se localizam na região Sul (Florianópolis e Curitiba), uma na região Norte (Porto Velho), uma na região Nordeste (João Pessoa) e uma na região Sudeste (São Paulo).

Ainda na capital mato-grossense, a incidência de diabetes mellitus é de 23,1%.

As demais que apresentaram as maiores prevalências de DM, três se localizam na região nordeste (Fortaleza, São Luís e Maceió) e um na região sudeste (São Paulo), além da capital mato-grossense. E, com as menores incidências de DM, duas se localizam na região norte (Palmas e Rio Branco) uma na região centro-oeste (Distrito Federal), uma na região sul (Florianópolis) e uma na região sudeste (Vitória).

“As altas prevalências dessas doenças em indivíduos acima de 60 anos, os colocam em um maior risco adicional de apresentarem gravidade ou óbito por Covid-19”, aponta o MS.

O boletim traz dados provenientes da Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), realizado nas 26 capitais dos Estados brasileiros e no Distrito Federal (DF) de 2006 a 2019.

Até domingo (12), Cuiabá registrou 6.231 casos confirmados de Covid-19 de residentes no município e 1.458 de não residentes, mas que estão sendo atendidos na capital

Somente nas últimas 24 horas, foram registrados mais 11 óbitos de residentes.

Destes, nove tinham hipertensão e outras cinco diabetes.

Vale reforçar que medidas de prevenção como lavar as mãos frequentemente com água e sabonete ou usar desinfetante à base de álcool, evitar tocar nos olhos, nariz e boca após contatos com superfícies ou pessoas, evitar sair de casa a menos que seja necessário, evitar aglomerações de pessoas ou lugares muito cheios, evitar contato próximo com outras pessoas (como em cumprimentos e abraços), evitar contato com pessoas doentes (com sintomas de gripe ou resfriado), estão sendo altamente recomendadas à população pelo Ministério da Saúde.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL