NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020
CIDADES
Quarta-feira, 14 de Março de 2018, 01h:48

VÁRZEA GRANDE

Concurso tem 35 questões anuladas e seis alteradas

A Gerência de Exames e Concursos (GEC) da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), responsável pelo concurso da Prefeitura Municipal de Várzea Grande, anulou 35 questões das provas objetivas. As anulações que ocorrerão após a análise de recursos abrangeu os níveis fundamental, médio e superior. A publicação da anulação foi feita pela Secretaria de Articulação e Relações Institucionais (SARI)/Gerência de Exames e Concursos (GEC), que aplicou a prova. Com isso, o candidato ganha os pontos relativos a cada questão anulada. Para todos os cargos, exceto médico, médico perito e odontólogo, a questão 14 foi anulada que refere a área de informática. Já para o cargo de biólogo foram duas questões anuladas e para enfermeiro, foram anuladas quatro questões. Outras seis questões tiveram a resposta alterada no gabarito. No nível fundamental foi anulada a questão 14, para o cargo de agente de apoio aos serviços externos (boca de lobo, gari, tapa buraco). Também foi anulada a questão 12, para o cargo de agente de apoio aos serviços internos (eletricista, encanador, pedreiro). A questão 7 foi anulada para todos os cargos do nível médio. Para o cargo de agente de desenvolvimento econômico e social foi anulada a questão 38 e para o de agente técnico do SUS cargo de radiologia foi anulada a questão 32. Além disso, o mesmo cargo foi alterado o gabarito da 36, da alternativa D para A. Já para o nível superior, o item comum a quase todos os cargos, exceto médico, médico perito e odontólogo, que foi anulado foi o 14. Já para os cargos de analista da previdência social, analista legislativo, técnico de desenvolvimento econômico e social, auditor fiscal tributário da receita municipal, auditor municipal de controle interno, médico (em todas as especialidades), perito da previdência social, odontólogo, profissional de nível superior do SUS , em todos os tipos de perfis, foram anuladas um total de 29 questões e alteradas cinco. Conforme o edital do concurso a pontuação dos candidatos corresponderá à soma dos pontos obtidos nas questões. Os pontos relativos às questões anuladas serão atribuídos a todos os candidatos que fizeram a respectiva prova, independente de terem recorrido ou não. O concurso para preencher parte das 2.678 vagas na prefeitura foi realizado em duas etapas. A prova para a área da educação foi aplicada no dia 4 de fevereiro e, para os demais cargos, no dia 25 de fevereiro.

Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Como você vê as acusações entre Mauro Mendes e Emanuel Pinheiro sobre o caos na pandemia?
O governador é o culpado
O prefeito da Capital também tem culpa
Essa briga prejudica as ações de combate à Covid-19
É uma disputa político-eleitoral
PARCIAL