NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Segunda-feira, 06 de Julho de 2020
CIDADES
Domingo, 28 de Junho de 2020, 18h:00

INFLUENZA

Campanha de vacinação contra gripe termina dia 30

A vacina contra o vírus pode ser encontrada em 93 unidades básicas de saúde da Capital

JOANICE DE DEUS
Da Reportagem
Divulgação
A vacina contra o vírus pode ser encontrada em 93 unidades básicas de saúde da Capital

Termina na próxima terça-feira (30) a campanha de vacinação contra a influenza, em Cuiabá.

A medida é necessária para a capital atingir a meta de 90% de imunização dos grupos prioritários, entre eles, crianças de seis meses a cinco anos, gestantes e puérperas, ou seja, mulheres até 45 dias após o parto.

A vacina contra o vírus pode ser encontrada em 93 unidades básicas de saúde da Capital.

Até o último balanço divulgado, datado de 17 deste mês, a cidade contava com uma cobertura de 83, 42% dos grupos prioritários.

Apenas os profissionais da saúde e os idosos alcançaram e até ultrapassaram a meta de imunização, com os índices de 170% e 133%, respectivamente.

Chama a atenção a baixa adesão dos grupos compostos por crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), com 37,57%, 34,36% e 46,96% da meta atingida, respectivamente. Adultos entre 55 a 59 anos também estão bem abaixo do esperado.

Conforme a prefeitura, das mais de 22 mil doses disponibilizadas, aproximadamente 8,7 mil foram aplicadas, o que representa 38,25% desse público. Os dados são do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI).

Portanto, houve a prorrogação da campanha como mais uma oportunidade para que as pessoas contempladas nos grupos prioritários possam receber a vacina, que protege contra três tipos de vírus: influenza A (H1N1), A (H3N2) e influenza B.

De acordo com a responsável técnica do Programa de Imunização do Município, Sandra Horn, a baixa procura nas unidades de saúde por parte da população ocorre tanto no caso da influenza, quanto para outros tipos de vacina.

Uma das explicações para esse quadro é o receio das pessoas em se exporem ao novo coronavírus, causador da Covid-19, o que tem ocorrido em todo país.

Contudo, ela reforça que as equipes dos postos de saúde estão tomando as medidas de biossegurança necessários, como controle de entrada para evitar aglomerações, e disponibilização de álcool para higienização das mãos dos usuários, além da obrigatoriedade do uso de máscaras.

Em Cuiabá, a campanha começou no início de abril, com a vacinação de mais de 61 mil idosos e de quase 26 mil profissionais da saúde pública e privada.

Na segunda fase, a meta foi imunizar 45 mil profissionais das forças de segurança e salvamento, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários.

A terceira etapa é voltada para professores de escolas públicas e privadas, crianças de 6 meses a 5 anos, gestantes e puérperas, povos indígenas e adultos de 55 a 59 anos.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
O que você achou da decisão da Justiça de decretar lockdown em Cuiabá e VG?
Acertada
Demorou
Antes tarde...
Tanto faz
PARCIAL