NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 01 de Dezembro de 2020
CIDADES
Domingo, 25 de Outubro de 2020, 09h:07

OUTUBRO ROSA

Academia oferece curso básico de tiro esportivo exclusivo para mulheres

A ideia surgiu por causa da campanha de prevenção ao câncer de mama, como forma de homenagear as mulheres

ALECY ALVES
Da Reportagem
Divulgação
Para participar, a mulher precisar ser maior de 18 anos e não pode ter antecedentes criminais.

Tiro esportivo para mulheres! Já pensou em praticar esse esporte? Ou melhor, em começar a apreender tiro de defesa pessoal?

Então, no próximo dia 31, em Cuiabá, acontece o Primeiro Curso de Tiro Básico voltado exclusivamente para mulheres.

A ideia surgiu por causa do "Outubro Rosa", a campanha de prevenção ao câncer de mama, como forma de homenagear as mulheres, oferecendo uma programação diferenciada.

O curso acontecerá no Clube de Tiro Eubank, que fica no bairro Santa Cruz, e tem como instrutor de tiro Dirceu Ribeiro Sampaio Júnior.  

No último dia deste mês, um sábado, durante cinco horas, das 8 às 13h, as mulheres inscritas aprenderão sobre a legislação brasileira de armamentos, fundamento de tiro olímpico de defesa pessoal, protocolo de segurança para a prática desse esporte, nomenclatura de armas, além, claro, da aula prática de tiro. Aula com disparo de 30 tiros, pelo menos.

De acordo com Ribeiro Júnior, durante o café da manhã de recepção, as mulheres inscritas também terão a oportunidade de conhecer e ouvir outras mulheres do segmento de tiro esportivo, ou seja, que já praticam o esporte.

A inscrição custa R$ 450, incluindo café da manhã, equipamento de proteção individual (EPI), 30 tiros e certificado.

Mais informações: (65)99338-2239 e @instrutor59.

Para participar, a mulher precisar ser maior de 18 anos e não pode ter antecedentes criminais.

Lembrando que tiro é um esporte olímpico, mas os cursos também podem ter um viés de defesa pessoal, desde que adotados os procedimentos legais sobre a posse e porte de armas.

HISTÓRIA - O tiro esportivo esteve presente nos Jogos Olímpicos desde a primeira edição, em 1896, em Atenas, mas, até 1964, em Tóquio, somente os homens participavam.

As primeiras mulheres competiram na Cidade do México, em 1968, nas provas com os homens.

As disputas exclusivamente femininas surgiram em Los Angeles (EUA), em 1984, em duas categorias: pistola de ar e carabina de ar.

Atualmente, o tiro esportivo é disputado em 15 categorias, sendo nove masculinas e seis femininas.

Antes de disputarem os Jogos Olímpicos na categoria exclusivamente feminina, as mulheres disputavam as medalhas com os homens.

E foi assim, em Montreal (Canadá), 1976, que a norte-americana Margaret Murdock se tornou a primeira mulher a subir ao pódio olímpico no tiro esportivo.

Em uma disputa acirradíssima com seu compatriota Lanny Bassham, Margaret teve de se contentar com a prata em razão dos critérios de desempate.

Os dois terminaram a prova com 1.162 pontos, mas Bassham tinha três séries de 100 pontos contra apenas duas da rival. Mesmo com o ouro no pescoço, Bassham não concordava com a regra.

Em uma atitude inesperada e emocionante, puxou a companheira de equipe para o lugar mais alto do pódio na hora da execução do hino nacional dos Estados Unidos. (fonte: http://rededoesporte.gov.br)


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
Você acha que o Cuiabá Esporte Clube tem chance de acesso à Série A do Brasileirão?
Sim
Não
Ainda falta estrutura
Precisa investir no elenco
PARCIAL