NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Sábado, 19 de Setembro de 2020
BRASIL
Quarta-feira, 16 de Setembro de 2020, 16h:26

AUTORIDADES-CORONAVÍRUS

Além de Fux, Maia e mais três ministros de tribunais recebem diagnóstico de Covid após evento no Supremo

MARCELO ROCHA E DANIELLE BRANT
Da Folhapress - São Paulo
Agência Brasil
Luiz Fux

Após o ministro Luiz Fux (STF) ter sido diagnosticado com a Covid-19, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, os ministros Luís Felipe Salomão e Antonio Saldanha Palheiro, ambos do STJ (Superior Tribunal de Justiça), e a ministra Maria Cristina Peduzzi, do TST (Tribunal Superior do Trabalho) também anunciaram que contraíram a doença.
Todos eles estiveram na posse de Fux na presidência do STF na semana passada, em cerimônia realizada com número reduzido de convidados e com a adoção de medidas sanitárias recomendadas pelas autoridades para evitar a disseminação do coronavírus.
Maia apresenta sintomas brandos da doença, segundo nota da assessoria da Câmara. Está se tratando na residência oficial e seguirá em isolamento.
Já os dois integrantes do STJ estão sendo monitorados, mas estão assintomáticos. Palheiro, inclusive, confirmou o resultado positivo para o coronavírus durante sessão de julgamento desta terça-feira (16) da 6ª Turma, transmitida pelo Youtube.
Quem também prestigiou a posse de Fux e apresentou sintomas que sugerem a Covid-19 foi a presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalho), ministra Maria Cristina Peduzzi.
Ela foi hospitalizada na noite desta terça-feira (15) e submetida a teste. Nesta quarta-feira (16), a assessoria do TST informou que ela contraiu o vírus.
A magistrada apresenta bom estado de saúde, com sintomas leves da doença e deve permanecer internada no Hospital Sírio-Libanês, em Brasília, até alta médica, informou o tribunal.
Desde março, de acordo com a assessoria do TST, a ministra Maria Cristina tem realizado todos os compromissos de forma telepresencial. No entanto, ela esteve presente na última quinta-feira (10) à cerimônia realizada no STF.
No plenário do STF, dos 250 lugares disponíveis, apenas um quinto foi liberado para os convidados. Na bancada dos ministros e na mesa de honra foram instalados acrílicos transparentes, em caráter provisório, para a criação de espaços individuais.
A cúpula dos Três Poderes esteve presente, incluindo o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), e os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP).
O procurador-geral da República, Augusto Aras, e o presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Felipe Santa Cruz, também participaram da solenidade.
Assim como ministros da Corte, familiares e amigos mais próximos de Fux e da ministra Rosa Weber, empossada no cargo de vice-presidente do STF.


Comentários







Preencha o formulário e seja o primeiro a comentar esta notícia

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.




ENQUETE
MT terá eleições simultâneas para vereador, prefeito e senador? Você já escolheu seus candidatos?
Sim
Não
Vou anular os votos
Nenhum dos candidatos presta
PARCIAL