NA HORA
O jornal de Mato Grosso Facebook twitter youtube

Cuiabá MT, Terça-feira, 02 de Junho de 2020
ARTIGOS
Quinta-feira, 07 de Maio de 2020, 10h:07

VICENTE VUOLO

Dom Milton e o VLT

A Igreja nos ensina que o Estado deve garantir coesão, unidade e organização à sociedade civil

Toda luta empenhada para o bem da coletividade alicerçada na ética, princípios e civismo, tem as bençãos de Deus.

Foi com esse propósito que lancei, no dia 19 de maio de 2019 no Plenário da Câmara Municipal de Várzea Grande o Movimento Pró VLT, apoiado por entidades de classes das mais representativas.                          

A Igreja nos ensina que “o Estado deve garantir coesão, unidade e organização à sociedade civil da qual é expressão, de modo que o bem comum possa ser conseguido com o contributo de todos os cidadãos” (Compêndio da Doutrina Social da Igreja, nº 167). E como cristão, fui buscar forças nos ensinamentos da Igreja para lutar e vencer esse desafio: o da retomada e conclusão das obras do Veículo Leve sobre Trilhos, vergonhosamente paralisadas há mais de 6 anos.                   

Apesar de estar presente na missa todos os domingos, não poderia deixar de ouvir, de me aconselhar com aquele que representa a autoridade máxima da Igreja Católica. É justamente o Bispo, o sucessor dos apóstolos, que recebeu a ordenação episcopal de Jesus Cristo com a missão de santificar, ensinar e governar.                   

De acordo com o Papa Francisco, “o primeiro dever de cada cristão é nutrir a própria fé. Deve-se escutar Jesus Cristo para tornar mais forte a fé, e olhar para Jesus para preparar os olhos para a bela contemplação da sua fé”.                  

Fui recebido pelo Arcebispo da Arquidiocese de Cuiabá, Dom Milton Antônio dos Santos, em audiência no seu gabinete. O histórico prédio fica situado ao lado da belíssima Igreja de Nossa Senhora do Bom Despacho (1725), que para muitos, é uma réplica da Catedral de Notre Dame.

Toda luta empenhada para o bem da coletividade alicerçada na ética, princípios e civismo, tem as bençãos de Deus

Tenho o mais profundo respeito ao bispo da minha terra. Tudo isso começou quando o meu pai, então deputado Vicente Emílio Vuolo, no início da década de 1970, me levou para uma audiência com Dom Bonifácio Piccinini, Arcebispo à época, naquele mesmo local.                   

O bispo é o grau máximo do sacramento da Ordem, pois sucedem os Apóstolos, com o Papa à frente. Eles são responsáveis pelo ensinamento da Palavra de Deus, pela celebração da Eucaristia e demais sacramentos e pela animação e organização dos carismas e ministérios do Povo de Deus.

É tão importante, que eles são obrigados a fazerem a visita “ad limina apostolorum” a Roma, e ao Papa, de quatro em quatro anos.                   

Atento a nossa conversa que reivindica direitos que estão previstos na Constituição Federal, como o direito de ir e vir para se deslocar ao trabalho, escola e lazer, com dignidade, ouvi das suas sábias palavras o grande desejo da sua vida: “Vuolo, tenho um sonho.

Descer uns poucos metros a ladeira do Morro de Nossa Senhora do Bom Despacho até a Avenida da Prainha, pegar o VLT e passear até o aeroporto de Várzea Grande para saborear um cafezinho”.                   

O que Dom Milton me ensinou nesse dia é que a qualidade de vida está nas pequenas coisas, quando elas são feitas de modo e voltadas ao bem comum. Nossa Casa Comum, o planeta onde vivemos, deve ser saudável e acolhedor aos seus filhos, por isso, obras como a do VLT se revestem de vários outros significados, especialmente quando vemos que a mudança tecnológica que os trilhos trazem às cidades agora, em seu retorno, na forma de bondes modernos e adaptados ao urbanismo moderno, também trazem qualidade de vida, a superação do individualismo dos automóveis e a liberdade de ir e vir sem o sufoco dos ônibus poluidores.                    

Segui o caminho com a benção do meu Bispo. Agradeço a ele a acolhida e a orientação que se espera do bom Pastor.    

VICENTE VUOLO é economista e cientista político e coordenador do Movimento Pró-VLT.


1 COMENTÁRIO:







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site. Clique aqui para denunciar um comentário.

Mário Márcio da Costa e silva  08-05-2020 07:24:13
Dom Milton,que seja feita sua vontade e de toda população de Cuiaba e V.Grande,basta vontade de nossos representantes .

Responder

0
0




ENQUETE
Você acha que a Prefeitura acertou ao liberar a reabertura de shopings, bares e restaurantes?
É uma decisão acertada
O prefeito foi pressionado por empresários
Quem vai dizer são os consumidores
Tanto faz
PARCIAL